O Republicanos, antigo Partido Republicano Brasileiro (PRB), tem novo comando no Diretório de Ponta Grossa. Foi divulgado no início da noite desta terça-feira (05), pela Justiça Eleitoral, o documento com a nova composição da diretoria do partido. A presidência ficou com a pastora Adriana Silva e a vice-presidência com o vereador Vinícius Camargo, que deixa o Partido da Mulher Brasileira (PMB) para ingressar no Republicanos. Acesse e veja toda a Nova Composição Republicanos.

Dois fatores chamam a atenção no novo comando do partido. O primeiro é a ausência na diretoria do Republicanos do vereador Pastor Ezequiel Bueno, que se elegeu por duas vezes pela legenda e participou das eleições de 2018 como candidato a deputado federal. O segundo é a presença, como membro do Diretório, de Liliane Chociai, esposa do coordenador regional do PSD, Elizeu Chociai, atual Diretor de Administração e Finanças do Paranacidade.

Elizeu Chociai é um dos principais articuladores políticos de Ponta Grossa, com um histórico reconhecido na formação de lideranças e preparação de chapas para disputas proporcionais e majoritárias. A esposa Liliane no Republicanos, portanto, é um indicativo de que Elizeu terá influência na tomada de decisões do partido daqui pra frente, com vistas à eleições de 2020.

Fotos na rede

Outro indicativo é que, nas redes sociais, Chociai publicou recentemente fotos na companhia de Vinícius Camargo e também do presidente estadual do Republicanos, Valdemar Jorge, atual secretário estadual de Planejamento e Projetos Estruturantes (foto no topo). Em outra publicação, Chociai aparece ao lado de Valdemar e do secretário geral do partido, Gilson dos Santos, atual presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (COMEC) – foto acima.

Perdeu espaço

Já a ausência de Pastor Ezequiel da direção da sigla é uma demonstração de que perdeu espaço dentro do Republicanos. Assim, a tendência é de que procure outra sigla na janela partidária do ano que vem, quando deve buscar o terceiro mandato na Câmara.

Por sua vez, Vinícius Camargo passa a ocupar um espaço importante entre os novos líderes da legenda, com o posto de vice-presidente. O vereador buscará o segundo mandato no pleito de 2020. Sobre a mudança de partido antes da janela partidária, Camargo justificou que o PMB não atingiu a cláusula de barreira em 2018, o que possibilitaria a saída da sigla sem o risco de perda do mandato.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts