Ponta Grossa

Comissão que avalia riscos à fauna se reúne no Aeroporto Sant’Ana

Nesta terça-feira (15), os membros da Comissão de Gerenciamento do Risco da Fauna (CGRF) do Aeroporto Municipal Sant’Ana (PGZ), pertencente à Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, se reuniram nas dependências do órgão para deliberação sobre a importância e a oficialização da comissão.

A CGRF é respaldada pelo Regulamento Brasileiro da Aviação Civil (RBAC) nº 164, que dispõe sobre o gerenciamento do risco da fauna nos aeródromos públicos.

De acordo com o regulamento, a CGRF é instituída pelo operador de aeródromo e deve contar com a participação de representantes de órgãos públicos e demais organizações da sociedade civil, que possam contribuir para o gerenciamento do risco da fauna provocado por focos e potencialmente atrativos situados na Área de Segurança Aeroportuária (ASA).

Segundo o superintendente do Aeroporto Sant’Ana, Victor Oliveira, o aeródromo já desenvolve estudos e ações visando reduzir colisões entre aeronaves e fauna, além de manter a segurança das operações aéreas.

A responsável técnica da comissão no PGZ, a bióloga Priscilla Alves Santos, explica o funcionamento da CGRF.

“Através de seus representantes internos e externos, o grupo discute e analisa problemas ocasionados pela presença da fauna na área de segurança aeroportuária, e medidas para amenizá-las. A composição dos representantes considera justamente o que é relevante para adotar essas medidas”, informa.

Além do superintendente do aeroporto e equipe do aeródromo, participaram da reunião representantes da Fundação Municipal de Saúde (Zoonoses), da Ponta Grossa Ambiental, da Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), do aeroclube e profissionais da área ambiental responsáveis pela elaboração dos projetos. (Com assessoria)

Confira outros Posts