Eventos Ponta Grossa

Feira Paraná terá ‘Campeão Supremo’ para os ovinos

A Feira Paraná, que será realizada de 18 a 27 de outubro no Centro Agropecuário e Centro de Eventos de Ponta Grossa, terá como diferencial na exposição de ovinos a escolha do “Campeão Supremo” entre as raças expostas.

O regulamento para os julgamentos segue a seguinte dinâmica: nos dias 23 e 24 de outubro serão julgadas cerca de 10 raças de ovinos, incluindo machos e fêmeas, como parte da programação da 41ª edição da Exposição Feira Agropecuária e Industrial de Ponta Grossa (EFAPI). O evento será realizado simultaneamente a Feira Paraná.

Em cada raça será eleito um Grande Campeão (macho) e uma Grande Campeã (fêmea). Para esse julgamento em pista foram convidados dois técnicos paranaenses credenciados ao colégio de jurados da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (ARCO). Já no dia 25 de outubro, os campões da EFAPI voltam para a pista para serem avaliados por outros dois jurados. São eles Edmundo Ferreira Gressler, diretor presidente da ARCO, e pelo Jorge Ramirez, do Colégio Internacional de jurados do Paraguai. Caberá a eles a escolha dos campeões dos campões, definido como Campeão Supremo da Feira Paraná.

De acordo com os organizadores, esse julgamento se baseia na supremacia revelada pela classificação das características e qualidades da raça, combinado com uma avaliação na superioridade dos méritos demonstrados em pistas de julgamentos.

“A escolha do ‘Campeão Supremo’ valoriza o evento como parte do agronegócio paranaense e destaca de sobremaneira o animal premiado, a raça e a cabanha expositora. Com isso, apresentaremos ao Paraná um modelo de evento internacional”, explica o responsável pela exposição dos ovinos, Izaltino Cordeiro dos Santos.

A Feira Paraná tem o patrocínio da Caixa Econômica Federal – Governo Federal, Rumo Logística, Copel, Sanepar, Compagás e BRDE. O evento conta ainda com o apoio da Prefeitura de Ponta Grossa e Governo do Estado do Paraná. A realização é do Sindicato Rural e Núcleo Campos Gerais do Cavalo Quarto de Milha. (Com assessoria)

Foto: Sindicato Rural

Confira outros Posts