O prefeito de Castro, Moacyr Fadel Junior, anunciou nesta quinta-feira (05) sua saída do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) para ingressar no Patriota (antigo PEN – Partido Ecológico Nacional).  Ele informou que aceitou o convite do deputado federal Evandro Roman para ser o vice-presidente estadual do partido e coordenador da legenda nos municípios.

Roman deixou no final de agosto o PSD para assumir a presidência do Patriota no Paraná, em uma nova fase de organização da sigla no Estado. E dentro dessa nova fase, o prefeito de Castro é um dos principais reforços do Patriota para estruturar a legenda com vistas às eleições municipais de 2020.

Moacyr deixa o MDB depois de 16 anos de partido. Segundo ele, o motivo foi não concordar com os rumos do partido, liderado pelo ex-senador Roberto Requião. O alinhamento com a esquerda, notadamente com o PT, não agradou Moacyr, que agora ingressa num partido de centro-direita. O Patriota ganhou repercussão nacional com a candidatura a presidente, em 2018, de Cabo Daciolo.

Sobre uma nova candidatura à Prefeitura de Castro, Moacyr ressaltou que ainda é cedo para tratar da questão, e que vai decidir seu futuro político no ano que vem. O novo membro do Patriota está em seu terceiro mandato como prefeito.

Confira outros Posts