Ponta Grossa

Meio Ambiente substitui mudas vandalizadas no Parque Ambiental

A Secretaria de Meio Ambiente de Ponta Grossa (SMMA) substituiu três mudas de pinheiro-araucária que foram danificadas por vândalos no Parque Ambiental, na noite de domingo. Vândalos desenterraram as mudas, cortaram as raízes e replantaram os galhos nas covas. Para a substituição, mudas de manacá-da-serra foram plantadas no local na manhã do dia seguinte, última segunda-feira (22).

Essas árvores são resultado de um programa de arborização que plantou 50 árvores nativas no Complexo Ambiental Manoel Ribas, nas proximidades da Maria Fumaça. Todas as mudas são fornecidas pelo Viveiro Municipal.

“As mudas de araucária que temos no Viveiro não passam de 20 centímetros e seria arriscado colocarmos essas no lugar. As araucárias que tínhamos plantado antes no parque já tinham 50 centímetros e mesmo assim foram roubadas”, explica a responsável técnica do Viveiro Municipal, Isabel Meister. Por isso, as três mudas de araucária danificadas tiveram que ser substituídas por mudas de outra espécie, manacá-da-serra.

O adensamento da arborização no Parque Ambiental iniciou no dia 8 e já no dia seguinte, vândalos haviam roubado mudas de araucárias. “Esses vândalos não reconhecem a importância que a arborização urbana tem e a depredação dificulta que tenhamos uma cidade mais bonita e com o ar mais limpo”, avalia o secretário municipal de Meio Ambiente, Paulo Barros.

“Quando nossas ações de arborização sofrem depredação, as pessoas que frequentam esses espaços ficam indignadas com o vandalismo. Assim que fazemos um plantio, monitoramos esse espaço e caso haja vandalismo, nós substituímos imediatamente. É assim que nós demonstramos nossa insistência e compromisso com a arborização urbana”, finaliza Barros. (Com assessoria)

Confira outros Posts