Destaques Ponta Grossa

Grupo de Trabalho inicia implantação da ‘Cidade do Conhecimento e Inovação’ de PG

Em reunião realizada na sexta-feira (12), foi constituído um grupo de trabalho (GT) responsável por formatar a estruturação da Cidade do Conhecimento e Inovação de Ponta Grossa, proposta desenvolvida pela Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR), Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Instituto Federal do Paraná (IFPR), Prefeitura de Ponta Grossa (PMPG) e Sebrae. Além do grupo de trabalho, o encontro também pactuou a criação do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT), que funcionará como um grupo gestor responsável pela administração da Cidade do Conhecimento e Inovação.

“A Cidade do Conhecimento e Inovação será um marco para Ponta Grossa, porque nela se convergirão todos os esforços no sentido de que a cidade seja protagonista no Paraná e no Brasil em termos de inovação e tecnologia, trazendo, sem dúvidas, enormes vantagens competitivas e desenvolvimento. O grupo de trabalho constituído hoje é apenas o primeiro passo, para começar a trabalhar a formatação da melhor estrutura e melhor governança para a Cidade do Conhecimento e Inovação”, avalia o diretor-geral do campus Ponta Grossa da UTFPR, professor Dr. Antonio Augusto de Paula Xavier.

O grupo de trabalho deve atuar na formatação da Cidade do Conhecimento e Inovação, com previsão de lançamento da proposta para o mês de agosto. O GT é constituído por dois representantes de cada ator envolvido no desenvolvimento da iniciativa, condensando uma formatação única.

Instituto de Ciência e Tecnologia

A reunião também formalizou a criação do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT), composto pela UTFPR, UEPG, IFPR, PMPG e Sebrae, que funcionará como um grupo gestor. O objetivo da iniciativa é garantir a união de esforços entre as universidades, o poder público e o Sebrae para pensar a inovação e o empreendedorismo como caminho para o desenvolvimento de Ponta Grossa.

“Todas as ações voltadas para inovação e empreendedorismo farão parte dessa política maior da Cidade do Conhecimento e Inovação. Queremos oportunizar que a informação e conhecimento que está dentro das universidades possam se transformar em novos negócios. Com isso, Ponta Grossa passa a ser vista como cidade inovadora, um local que tem inovação e tecnologia própria que pode ser solução para outros negócios. Hoje, Ponta Grossa gera mão de obra através das universidades, mas com a Cidade do Conhecimento e Inovação vai passar a gerar empreendedorismo”, destaca a coordenadora de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação, Tônia Mansani.

Ecossistema de Inovação

A implantação da Cidade do Conhecimento e Inovação vem ao encontro do mapeamento do ecossistema de inovação de Ponta Grossa, realizado em 2018, que identificou quatro setores estratégicos de Ponta Grossa: cadeia do agronegócio, químico e materiais, mecatrônica e tecnologias da informação e comunicação (TIC).

“É uma grande conquista para nossa cidade e um orgulho sermos parceiros nesse projeto, onde quem ganha é Ponta Grossa, com mais desenvolvimento, geração de renda e oportunidades de empreendedorismo. O poder público aposta na inovação e vem fomentando, com o mapeamento do ecossistema de inovação, a criação da lei da inovação, com a desburocratização e simplificação de processos, e outra medidas. A implantação da Cidade do Conhecimento e Inovação é mais um passo para colocar Ponta Grossa em destaque”, comemorou o prefeito, Marcelo Rangel.

Além dos representantes das universidades, Sebrae e Prefeitura, também participou da reunião o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex. “Embora atuando como secretário, reconhecemos a importância do investimento em inovação e temos recursos reservados em emendas parlamentares no orçamento da União para a implantação da Cidade do Conhecimento e Inovação de Ponta Grossa, afirmou ele.

Presenças

Participaram da reunião o Diretor-Geral do Câmpus Ponta Grossa da UTFPR, Antonio Augusto de Paula Xavier; Diretor de Relações Empresariais e Comunitárias do Câmpus Ponta Grossa da UTFPR, João Luiz Kovaleski; Vice-Reitora da UTFPR, Vanessa Ishikawa Rasoto; representante da Justiça Federal, Osmar Carlos Bonfinger; reitor da UEPG, Miguel Sanches Neto; reitor em exercício do IFPR, Paulo Tetuo Yamamot; o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex; a Coordenadora de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação, Tonia Mansani; o secretário municipal da Fazenda, Cláudio Grokoviski; o gerente regional do Sebrae, Joel Franzim Junior; e demais representantes dos setores envolvidos. (Com assessoria)

Confira outros Posts