Ponta Grossa

Famílias recebem escrituras de propriedades via programa de regularização fundiária

Mais de 40 famílias de Ponta Grossa receberam escrituras de propriedade no último sábado (06). O evento de entrega dos documentos, realizado no Centro de Cultura do município, contou com  48 famílias ponta-grossenses participantes do programa Escrituração Direta da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar). Além de Ponta Grossa, outros 14 municípios da região participaram da reunião com autoridades e famílias assistidas pela iniciativa.

Presente durante a cerimônia, o prefeito Marcelo Rangel destacou a importância de o Poder Público desenvolver iniciativas voltadas à regularização fundiária. Ele ressaltou o impacto positivo que ações nesse sentido promovem diretamente na vida das famílias.

“Isso aqui é muito simbólico. Não há nada mais importante para uma família do que ter o documento da própria casa. As pessoas passam a vida inteira sonhando com esse momento e isso muda a vida de uma família por que, a partir disso, a família passa a ter segurança, um legado que será deixado para os filhos e netos”, declara.

“É uma alegria muito grande estar em Ponta Grossa. Vim aqui hoje, com muita alegria, realizar o sonho de muita gente junto com os nossos prefeitos da região, o prefeito Marcelo Rangel e o secretário Sandro Alex. Esse documento dá segurança para as famílias poderem dizer ”esse imóvel é meu” “, afirmou o presidente da Cohapar, Jorge Lange, durante a entrega das escrituras no município.

Fortalecimento

Entre as autoridades que participaram do evento, o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, declarou que o objetivo do governo do Estado é fortalecer ainda mais  a iniciativa, levando o programa para diversas outras famílias.

“A gente tem uma alegria muito grande em entregar essas escrituras para as famílias neste dia e iremos trabalhar para que a nossa região chegue às dez mil regularizações. Esse ato de hoje é simbólico para dizermos aos prefeitos e a imprensa presente de que faremos esse trabalho, pois o programa é  trabalho fantástico. Pois, além de toda a burocracia, o processo teria um custo muito mais elevado se não fosse pela Cohapar”, aponta o secretário.

De acordo com o presidente da Companhia de Habitação de Ponta Grossa (Prolar), Dino Schrutt, a parceria entre município e governo do estado permite ampliar o alcance da regularização fundiária junto às famílias da cidade.

“No momento em que o governo federal está com tanta dificuldade de recursos para a área habitacional, a regularização fundiária é o nosso foco de trabalho. Então é muito importante essa parceria com o governo do estado, e a Cohapar trabalhando forte em Ponta Grossa, porque a Prolar tem um programa próprio, que é o Minha Casa Legal,  mas que, às vezes, nós temos uma limitação por base orçamentária. Com a parceria com o governo do estado, nós conseguimos atender todo o município sem deixar ninguém de fora dessa iniciativa. Com  isso, ampliamos as possibilidades oferecidas às famílias e fortalecemos o trabalho de regularização fundiária no município”, finaliza Schrutt.

O Programa

O programa de Escrituração Direta é promovido pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e prevê a oferta de serviços de escrituração de imóveis em situação irregular com custos reduzidos e condições de pagamento facilitadas. Entre as vantagens oferecidas pela companhia, estão a possibilidade de isenção do ITBI e FUNREJUS e descontos significativos no registro do imóvel, além de assessoria especializada durante todo o processo de regularização.

De acordo com a Cohapar, o público-alvo é formado por mutuários da companhia que quitaram o financiamento imobiliário. O serviço é oferecido aos interessados a um custo de R$ 478,36, o que representa menos da metade do valor cobrado pelos tabelionatos, com a possibilidade de parcelamento em quatro meses.

Em Ponta Grossa, 48 famílias que receberam os documentos neste sábado, totalizando 145 escrituras desde a criação do programa. Atualmente, outras 122 famílias estão em processo de escrituração. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts