Entre as novas siglas que estão ocupando o meio político, o Avante é uma delas. Oriunda do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), a agremiação terá representantes conhecidos da política ponta-grossense. No próximo sábado (29), às 10 horas, na Câmara Municipal, está marcado o evento de posse da diretoria do partido na cidade. O ex-vereador Romualdo Camargo, que estava no PSDC, assumirá a presidência. Ao lado dele, também ocupam a diretoria os ex-vereadores Isaías Salustiano e Altair Nunes Machado, o Taíco, assim como Samuel Turek, outro que já foi candidato a vereador.

No evento de sábado também ocorrerá palestras com o advogado Lineu Tomas e com a psicóloga e presidente estadual da legenda, Marisa Lobo. No Paraná, o Avante tem ideais de direita e integrou a grande composição partidária que elegeu Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) governador, em 2018. Em Ponta Grossa, o partido estará alinhado ao grupo político do prefeito Marcelo Rangel (PSDB).

Chapa concisa

Romualdo Camargo ressalta que o objetivo do partido é apresentar uma chapa concisa para disputa a vereador, com a meta de eleger duas cadeiras entre as 19 que estarão em disputa. Em relação aos nomes que vão compor a chapa, o presidente municipal conta que as lideranças que estavam com ele no PSDC vão se filiar no Avante.

A ideia é reunir um bom número de candidatos competitivos, com média de votação até 1.500 votos alcançados na eleição passada, para que todos tenham chance de fazer uma boa campanha e se eleger.  Porém, segundo Camargo, as portas do Avante para os figurões da política princesina, aqueles que já alcançaram mais de 2 mil votos em eleições anteriores, não estão totalmente fechadas.

“Se porventura alguma liderança com mais de dois mil votos quiser entrar no partido, vamos nos reunir e estudar”, explica Camargo, ressaltando que as próximas eleições, com o fim das coligações proporcionais, vão acarretar em estratégias diferentes dos partidos.

“Cada partido terá que trabalhar na forma de chapão. Acabou o partido que era feito para apenas um ter chances de se eleger. Com o fim das coligações, não pode ter receio em aceitar gente com voto”, declara Camargo.

“Vamos colocar o Avante em boas condições para a disputa das eleições municipais, elegendo vereadores e participando de forma efetiva da eleição à Prefeitura, caminhando junto com o grupo do prefeito Marcelo Rangel”, finaliza Camargo.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts