Destaques Política

Câmara licita equipamentos e votação em painel eletrônico inicia em julho

A Câmara de Ponta Grossa licitou, no último dia 21 de maio, os computadores e os telões que serão usados para a votação eletrônica em plenário. Os quatro telões de 49 polegadas, que formarão o painel, vão custar R$ 39.300,00, são da marca Samsumg e serão fornecidos pela empresa Vinícius Guilherme dos Santos Informática ME, de Irati. Já os 26 computadores vão ser fornecidos pela empresa F.K.J Cartuchos Ltda. ME, de Ponta Grossa, a um custo de R$ 142.299,82. Portanto, telão e computadores vão somar R$ 181.599,82.

O valor total ficou abaixo do previsto em edital, que chegava a R$ 196.571,30, sendo R$ 154.571,30 para os computadores e mais R$ 42 mil para os quatro telões. Assim, a economia final ficou em R$ 14.971,48.

Informatização

De acordo com o presidente da Câmara, Daniel Milla (PV), a implantação do painel eletrônico é mais um passo no processo de informatização do Legislativo, que vai proporcionar maior transparência no processo de votação e facilidade para o acompanhamento das sessões pelos ponta-grossenses. “Com a licitação feita, agora temos que aguardar o desfecho do processo burocrático para receber os equipamentos e efetuar a instalação em plenário. Creio que no início no mês que vem já estaremos com tudo pronto para a votação eletrônica”, disse Milla.

No final de abril, a Câmara já havia realizado a licitação para fornecimento do software necessário para as votações eletrônicas, bem como para as transmissões pela internet e gerenciamento dos processos internos.

A empresa Lancer Soluções em Informática Ltda., de Blumenau, que já presta o serviço atualmente, venceu o pregão presencial a um custo de R$ 24.600,00 em dois anos. Valor R$ 45.960,00 menor do que a proposta inicial da Lancer, de R$ 70.560,00, diante de uma disputa com a empresa concorrente Virtualiza Tecnologia da Informação Ltda., de Criciúma. Apenas as duas participaram do certame.

Mesa de som

No final de maio, também foi licitada a compra de uma nova mesa de som digital para a Câmara. A aquisição foi necessária depois que o sistema de som da Casa começou a dar problemas com a mesa que vem sendo utilizada nos últimos anos. O edital previa valor máximo de R$ 20.244,94 para a mesa digital com 32 canais. A vencedora da licitação foi a empresa Joabe Martinson ME, ao custo de R$ 16 mil.

Investimentos na informatização da Câmara

26 computadores – R$ 142.299,82.

04 telões 49 polegadas – R$ 39.300,00

Software (contrato 2 anos) – R$ 24.600,00

Mesa de som – R$ 16.000,00

TOTAL – R$ 222.199,82

 

Foto: Kauter Prado\Câmara

Confira outros Posts