Destaques

Plauto sugere projetos de melhorias de rodovias e estradas da região

A criação de um Banco de Projetos estruturantes, formulado pelo governo estadual, abriu a possibilidade de se expor as demandas de trafegabilidade e logística em todo o Paraná. O objetivo é recolher ideias e propostas para que sejam elaborados projetos técnicos. Sem os estudos, a busca por recursos e a execução das obras ficam mais difíceis.

Para isso, o Estado destinou R$ 350 milhões para a contratação de empresa que fará o que irá desenvolver os projetos. Diante dessa abertura promovida pelo governador Ratinho Júnior, o deputado Plauto Miró Guimarães Filho encaminhou uma série de sugestões para sejam analisadas.

“É uma ação inédita em nosso estado. Isso demonstra que o governador está sendo extremamente coerente em suas ações. Afinal, sem projeto, não há como destinar recursos para a execução de obras” declarou Plauto.

Dentro desse contexto, Plauto encaminhou para o governador uma série de sugestões de projetos no intuito de ampliar e melhorar a capacidade da malha viária da região de Ponta Grossa e localidades vizinhas.

O deputado pede que sejam consideradas as necessidades de recuperação e pavimentação da rodovia BR-487, entre Ipiranga e Ivaí. Uma antiga reivindicação dos moradores das cidades, que compreende uma distância de cerca de 37 quilômetros.

Já na PR-151, entre Ponta Grossa e Palmeira, além de um novo pavimento, Plauto sugere o estudo técnico para a implantação de terceiras faixas entre a interseção da PR-483 (que dá acesso ao distrito Guaragi) até Palmeira. “É uma alternativa para diminuir o índice de acidentes graves e que já ceifou muitas vidas” justificou.

Ainda no PR-151, o deputado indicou a duplicação de sete quilômetros entre a BR-376 (Viaduto do Vendrami) até o trevo de acesso ao distrito Guaragi. A intenção é aumentar a capacidade de fluxo, pois o alto tráfego acaba congestionando a via. E, para completar, o deputado aponta a necessidade de se implantar um contorno rodoviário na cidade de Palmeira.

Botuquara

Outro projeto, considerado fundamental para a cidade de Ponta Grossa, é a pavimentação da Estrada do Botuquara a partir da BR-376 até a PR-513 também chamada de Rodovia do Talco. A estruturação da estrada facilita o escoamento de produtos da região do distrito de Itaiacoca.

Não ficou de fora a Avenida Sousa Naves, trecho urbano da BR- 373. Frequentemente são registrados acidentes com mortes na via. Para aumentar a segurança de motoristas e pedestres, Plauto aponta a possibilidade de edificar ao menos três viadutos ou trincheiras nos acessos aos bairros Sabará, Borato e Vila Romana, considerados os pontos mais críticos da avenida.

“Eu acredito que num futuro próximo ao menos parte desses projetos sejam viabilizados. Vejo no governador Ratinho Júnior, uma grande vontade de transformar o Paraná. E estradas bem estruturadas e seguras atraem investimentos que estimulam a economia”, finalizou. (Com assessoria)

Confira outros Posts