Ponta Grossa

Stocco quer fortalecer consciência sobre ciclomobilidade em PG

O vereador Geraldo Stocco (REDE) realizou no último sábado (6) uma blitz sobre ciclomobilidade – o evento aconteceu na Avenida Dom Geraldo Pellanda, na região de Uvaranas, um dos poucos locais da cidade que conta com uma ciclofaixa. Durante o evento, mesmo com o tempo chuvoso, foram entregues cerca de 150 faixas reflexivas para ciclistas e outros 150 motoristas pararam no local para receber orientações.

Defensor das pautas de ciclomobilidade no município, Stocco destacou a importância do evento para discutir o tema. “Muitas pessoas passaram pela blitz no final de semana. Nossa ideia é mostrar que deve haver respeito para quem usa a bicicleta como meio de transporte e lazer. O ciclista sempre é o elo mais frágil no trânsito e precisamos destacar isso”, avaliou Stocco.

Essa é a segunda blitz organizada pelo parlamentar na avenida Dom Geraldo Pellanda – o local conta com uma faixa compartilhada para uso de ciclistas e o uso é exclusivo no final de semana. “Queremos realizar as próximas edições em locais mais críticos, onde a conscientização é ainda mais importante, como é o caso da avenida Souza Naves”, destacou Stocco.

O vereador lembra que o uso da bicicleta como meio de transporte tem crescido exponencialmente no município, assim como o número de acidentes fatais. “Temos uma cultura em que o ciclista não é visto como integrante do trânsito e isso tem que mudar. O ciclista tem direitos e deveres e devemos defender a segurança destas pessoas”, conta o parlamentar.

No âmbito do Legislativo Municipal, Geraldo é dono de uma série de projetos de lei que tratam do tema e busca ainda forçar que o município invista em mobilidade urbana, seja na construção de ciclofaixas ou ciclovias. Durante a blitz do final de semana, lideranças como a deputada estadual Mabel Canto (PSC) e Daniel Milla (PV), presidente da Câmara de Ponta Grossa, também estiveram presentes.

Investimento de R$ 600 mil em ciclomobilidade

Desde que a Prefeitura viabilizou um aporte de R$ 60 milhões junto à Caixa Econômica Federal, Stocco tem feito pedidos para que o Poder Executivo invista ao menos 1% deste montante na causa da ciclomobilidade. “A quantia de 1% pode parecer muito pequena, mas esses R$ 600 mil representariam um salto de qualidade e segurança inimaginável para quem anda de bicicleta em Ponta Grossa”, diz o vereador. (Com assessoria)

Confira outros Posts