O plenário da Câmara de Ponta Grossa sedia na próxima quinta-feira (21), às 19 horas, uma audiência pública para tratar da questão do transporte público coletivo. Vereadores, representantes do Governo Municipal, do Conselho Municipal do Transporte, da concessionária do serviço, da sociedade civil organizada e munícipes em geral poderão debater o tema em um momento em que se discute o reajuste da tarifa.

O transporte público foi o principal tema dos discursos dos vereadores na primeira sessão ordinária de 2019, realizada nesta segunda-feira (18). O pedido da Viação Campos Gerais (VCG) para aumento da tarifa já foi feito e está sendo analisado pelos membros do Conselho Municipal. A solicitação para reajuste anual é previsto em contrato.

A empresa alega que o custo do serviço precisa de um incremento tarifário, hoje em R$ 3,80, para equilibrar as contas entre os gastos e o lucro obtido. Com grande demanda do serviço pela população, tal assunto interessa a toda parcela da população que usa ônibus, e também ao empresariado, que tem a tarifa do transporte como custo de seus funcionários.

Auditoria do Tribunal de Contas

Nesta segunda, o vereador Geraldo Stocco (Rede) usou a Tribuna da Casa para expor informações de um relatório do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), decorrente de uma auditoria feita no final de 2018, em que aponta falhas no sistema de transporte em Ponta Grossa. Falhas estas retratadas em 13 itens elencados pelos servidores do Tribunal para serem corrigidas (ver matéria do TCE-PR). Stocco pediu atenção ao relatório no debate acerca do reajuste tarifário.

Recentemente, o vereador Ricardo Zampieri (PSL) levantou a possibilidade de o Governo do Estado passar a subsidiar o transporte em Ponta Grossa, a exemplo do que ocorre em Curitiba.

Já para o propositor da audiência pública, George de Oliveira (PMN), é necessário realizar um debate amplo a respeito de tudo que envolve o transporte público no município, levando em conta a parte financeira do custo do serviço e também as reclamações dos usuários do sistema.

Procurada pela reportagem do Doc.com para expor se pretende enviar representantes à audiência pública na Câmara,  a VCG informou, via assessoria de imprensa, que a diretoria ainda não tem uma posição sobre a ida ou não, o que deve ser definido em breve.

Acesse e confira o que disse o vereador ao Doc.com nesta segunda-feira:

Acesse mais informações no nosso Canal no YouTube.

Confira outros Posts