Destaques Ponta Grossa

Prefeitura deflagra operação conjunta para capturar suspeitos de crime contra guardas municipais

A Prefeitura de Ponta Grossa deflagrou uma operação conjunta entre as forças de segurança que atuam no município para capturar dois criminosos suspeitos de renderem e suprimirem equipamentos de guardas municipais na tarde desta sexta-feira (08). A ação teve início após a formação de um Comitê de Gabinete do Prefeito Marcelo Rangel e contou com o secretário de Cidadania e Segurança Pública, Ary Lovato, além de  autoridades da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal  e Polícia Militar.

De acordo com Rangel, todas as medidas necessárias já foram tomadas para garantir a prisão dos envolvidos. “Promovemos uma reunião para que fossem definidas as estratégias necessárias e estou muito confiante com a resposta extremamente rápida e integrada que tivemos das forças de segurança do município. Tenho absoluta certeza de que esses criminosos serão localizados e presos”, destaca Rangel.

Segundo o secretário de Cidadania e Segurança Pública, Ary Lovato, entre as estratégias definidas pelo Comitê Integrado de Segurança está a deflagração de uma operação integrada de saturação no município. “Diante dessa situação, o prefeito Marcelo Rangel prontamente convocou uma reunião com os comandantes militares e os delegados de Polícia onde evidenciamos a necessidade de uma ação extremamente enérgica quanto ao ocorrido. Então, deflagramos agora a OPERAÇÃO SATURAÇÃO. Já temos essas pessoas identificadas e acredito que seja apenas uma questão de horas para que sejam devidamente presas”, dispara.

Ainda sobre o ocorrido, o secretário destacou o preparo dos guardas municipais, que seguiram estritamente os protocolos de segurança da Guarda Municipal para que fossem evitados confrontos e possíveis vítimas entre a população. “Eles foram apanhados em uma situação extremamente adversa, próximos a um shopping, um parque, e agiram com preparo para não reagir a esses marginais, evitando uma situação ainda mais grave”, completa.

O caso

Segundo informações da Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), os  guardas municipais foram rendidos por dois criminosos armados enquanto caminhavam na rua Joaquim Nabuco, na região Central. Durante a ação, que não houve reação dos guardas para salvaguardar a segurança da população do entorno, foram levados  dois revólveres calibre 38, uma pistola de condutividade e um rádio comunicador.  Os criminosos fugiram na sequência, mas já foram identificados pelas forças de segurança, que  promovem buscas no município para prendê-los.

Autoridades que participaram da reunião:

Prefeito Marcelo Rangel,
Secretário municipal de Cidadania e Segurança Pública, Ary Lovato
Procurador-Geral do Município João Paulo Vieira Deschk
Comandante do 1º BPM Tenente Coronel Leonel José Beserra
Delegado chefe da 13ª SDP Nagib Nassif Palma
Delegado Jairo Luiz de Camargo da Polícia Civil
Inspetor Chefe da Polícia Rodoviária Federal em Ponta Grossa Marcos Aurélio dos Santos
Inspetor da Polícia Rodoviária Federal  Carlos Bach

(Com assessoria)

Confira outros Posts