Destaques Ponta Grossa

Marcos Monteiro fará trabalho de transição no Núcleo Regional de Educação

Nomeado chefe do Núcleo Regional de Educação de Ponta Grossa pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, o professor Marcos Monteiro disse ao Doc.com que fará um trabalho de transição dentro do órgão nos próximos meses, até que o processo de seleção definitiva para chefias de todos os núcleos de educação do Paraná seja concluído. Tal processo de seleção está em andamento e será finalizado ainda no primeiro semestre deste ano.

Monteiro explica que conduzirá os trabalhos no Núcleo pautado em três eixos, estabelecidos pela Secretaria de Estado da Educação: foco no aprendizado, maior número de alunos na rede pública e valorização do professor. “Tivemos a orientação da Secretaria Estadual para priorizar esses três eixos e vamos trabalhar neste sentido”, declara Monteiro.

O chefe do Núcleo frisa ainda que o papel do órgão é auxiliar as escolas e toda comunidade escolar a superar dificuldades e desafios, atendendo bem os profissionais que procuram o Núcleo para solucionar problemas. “O Núcleo precisa atuar como uma ponte entre a Secretaria de Educação e a comunidade escolar”, destaca Monteiro.

Sobre o processo de seleção para os novos chefes de núcleos, Monteiro afirma que é uma iniciativa importante do novo governo estadual, que visa priorizar critérios técnicos nas escolhas, que até então atendiam muitas indicações políticas. Monteiro também está participando do processo de seleção, aberto para todos os profissionais do quadro estadual que já tenham ocupado postos de diretor ou diretor auxiliar, técnico ou assistente técnico, ou chefe de núcleo.

Monteiro é professor do quadro próprio do magistério do Estado, licenciado em química, há 30 anos. Trabalhou também como diretor de escola pública e por três anos foi ouvidor do Núcleo de Educação. Ele atuou no Instituto de Educação e no Colégio 31 de Março.

O Núcleo Regional de Educação de Ponta Grossa abrange 11 cidades dos Campos Gerais: Carambeí, Castro, Imbituva, Ipiranga, Ivaí, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Porto Amazonas, São João do Triunfo e Tibagi.

Confira outros Posts