Destaques Ponta Grossa

Prolar moderniza gestão e implanta sistema inédito no país

Uma gestão mais transparente e alinhada ao que há de mais moderno em relação a preceitos éticos e  de transparência das instituições para com a sociedade. Esses são alguns dos objetivos que a Companhia de Habitação de Ponta Grossa (Prolar) buscou ao iniciar a implantação de um processo de gerenciamento baseado em ‘compliance’, inciativa inédita no setor das empresas de economia mista voltadas para a habitação de interesse social do país.

A medida, segundo o presidente da Prolar, Dino Schrutt, favorece a promoção de um atendimento mais ágil e transparente, o que repercute positivamente nos indicadores da Prolar. “Com o início da implantação do processo de ‘compliance’ na Prolar, tivemos melhorias consideráveis como a redução do tempo de atendimento ao público, o aumento dos índices de satisfação e de transparência, assim como a redução do custo operacional com a aprovação das contas públicas. Tudo isso se reverte em uma instituição mais sólida e alinhada com as demandas da comunidade”, declara.

O presidente da Prolar também destaca que os avanços foram percebidos já nas primeiras etapas do processo de consolidação da iniciativa, que foi dividido em dez partes, dentro da Prolar. “Iniciamos, em julho deste ano, os trabalhos, que devem se entender até o começo do segundo semestre de 2019 e já percebemos uma melhoria nos nossos indicadores. A intenção é continuar avançando nesse sentido para que seja possível oferecer um serviço cada vez melhor para a sociedade”, completa Schrutt.

Compliance

Em tradução livre, Compliance seria ‘estar em conformidade’ com normas e regras. A modalidade vem sendo aplicada em empresas privadas nos últimos anos como maneira de evitar situações de fraude e corrupção.  Sua aplicação parte do pressuposto de que as atitudes de probidade, transparência e combate à corrupção devem permear todas as relações – da empresa até a sociedade.

Em relação a esse processo, “a Prolar buscou qualificar a equipe de diretores com base nas práticas já consolidadas na iniciativa privada com o objetivo de criar um programa inédito para as sociedades de economia mista no país. ”, declara o presidente Dino Schrutt.  Para garantir o sucesso do modelo entre toda a equipe, foi constituída uma representação baseada em conceitos-chave para a gestão: Elaboração, Prevenção, Colaboração, Deteccão e Correção. “Essa era uma forma de facilitarmos a compreensão de todos em relação ao novo sistema e, ao mesmo tempo, abranger a ideia conceitual do trabalho da Prolar”, completa Schrutt.

A Prolar

A Companhia de Habitação de Ponta Grossa (Prolar) trabalha há 29 anos com a implantação de políticas públicas voltadas para a área de habitação de interesse social no município. Nesse período, foram atendidas mais de 20 mil famílias. Toda a experiência na implantação do sistema de ‘compliance’ também será disponibilizada no site da Prolar nos próximos meses. (Com assessoria)

Confira outros Posts