Destaques Política

Tucanos ‘cabeças pretas’ consolidam grupo para iniciar novo ciclo no PSDB

Está evoluindo a cada dia as conversas entre as novas lideranças do PSDB paranaense para dar um novo rumo ao partido no Paraná. Os chamados tucanos de ‘cabeças pretas’ trabalham para assumir o comando da legenda e iniciar um novo ciclo, depois de um processo eleitoral que abalou a representatividade tucana tanto em nível estadual quanto nacional.

O Doc.com teve acesso a uma foto que registra a confraternização de final de ano do grupo, que ocorreu nesta semana, em Curitiba. Os encontros têm ocorrido de forma sistemática, nas cidades de atuação de cada liderança.

E as articulações dos ‘cabeças pretas’ estão sendo conduzidas pelo prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, juntamente com o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, e o deputado estadual reeleito Paulo Litro. Rangel, inclusive, é nome forte para ser o próximo presidente da agremiação.

Novas lideranças

Também integram o grupo os deputados estaduais não reeleitos, Evandro Junior e André Bueno, além de Hauly Filho e Phelipe Mansur, que disputaram a eleição para Assembleia neste ano e obtiveram boas votações. Mansur já disputou a Prefeitura de Foz do Iguaçu, em 2016.

A informação que se tem é de que o deputado estadual eleito, Michele Caputo Neto, é outra liderança que já se somou aos ‘cabeças pretas’, aumentando ainda mais a representatividade do grupo. Assim, dos três deputados estaduais eleitos pela legenda, somente Ademar Traiano não está alinhado com os novas lideranças.

Alinhamento

E essas novas lideranças defendem ideias alinhadas ao governador eleito de São Paulo, João Doria, que tende a ficar no comando do PSDB nacional, bem como mantêm relação próxima com o governador eleito do Paraná, Ratinho Junior (PSD).

Com o inferno astral por qual passa o atual presidente do PSDB do Paraná, ex-governador Beto Richa, que já não possui mais condições políticas para se manter com a alta plumagem dentro do ninho tucano, depois dos escândalos que o levaram a ficar um período preso, o novo grupo caminha a passos largos para desbancar a velha guarda e chegar ao comando do partido no Paraná.

A eleição para o diretório estadual acontecem no primeiro semestre de 2019.

Na foto: Hauly Filho, André Bueno, Eduardo Pimentel, Marcelo Rangel, Paulo Litro, Phelipe Mansur e Evandro Junior.

Confira outros Posts