Ponta Grossa

Procon divulga pesquisa de preços dos produtos da ceia de Natal; confira

O Procon da Prefeitura de Ponta Grossa, órgão vinculado à Secretaria de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), realizou, na última semana, uma pesquisa comparativa entre os preços dos produtos para ceia de Natal no município. O levantamento, que foi realizado entre os dias 11 a 14 de dezembro de 2018 nas três maiores redes de supermercados de Ponta Grossa, incluiu diversos itens e chegou a apontar uma diferença de mais de R$ 20 reais para o mesmo produto em diferentes supermercados.

De acordo com a coordenadora da pesquisa, Franciele Nascimento, o objetivo da iniciativa é oferecer uma referência ao consumidor através dos preços obtidos dentro da amostra pesquisada.

“Foram comparados os preços de 89 itens – entre carnes, bebidas, etc – sendo consideradas para o levantamento marcas pré-definidas e que estavam sendo comercializadas em, no mínimo, dois dos estabelecimentos participantes. Durante o levantamento, foi possível verificar diferenças de mais de 20 reais entre algumas redes de supermercado, por isso, é muito importante que o consumidor esteja atento e faça pesquisa antes de comprar”, declara Franciele.

Segundo o Procon, as variações de preços constatadas pelo estudo referem-se ao período em que foi realizada a coleta. Portanto, os preços atualmente praticados podem ser diferentes do divulgado e estão sujeitos à alteração conforme a data da compra, inclusive por ocasião de descontos especiais, ofertas e promoções.

Cuidados na hora da compra

A orientação do Procon da Prefeitura de Ponta Grossa é para que os consumidores, além de realizarem uma cuidadosa pesquisa de preços, estejam atentos às informações contidas nos rótulos, como peso, data de fabricação, prazo de validade e condições de conservação.

No caso dos produtos importados, as informações do rótulo devem estar traduzidas para a língua portuguesa. Além disso, deve-se também considerar o custo benefício do deslocamento no caso de estabelecimentos que estão apresentando produtos mais baratos que os da sua região.

Por fim, o consumidor deve sempre exigir a nota fiscal no ato da compra, pois caso precise formalizar uma denúncia junto ao Procon, esse documento é imprescindível. (Com assessoria – Foto: Diário Rio Claro)

As maiores diferenças de preço constatadas foram:

– Espumante Demi Seco, marca Terra Nova, variação de 49%:
Maior preço: R$ 54,90– Muffato
Menor preço: R$36,90– Tozetto
Diferença: R$ 18,00

– Lombo Recheado kg, marca Aurora, variação de 105 %:
Maior preço: R$ 44,89 – Tozetto
Menor preço: R$ 21,90 – Condor
Diferença: R$ 22,99

– Peru Temperado Congelado kg, marca Sadia, variação de 60 %:
Maior preço: R$ 22,38 – Condor
Menor preço: R$ 13,98 – Muffato
Diferença: R$ 8,40

– Azeitona Verde 500g, marca Vale Fértil, variação de 110%:
Maior preço: R$ 9,98 – Tozetto
Menor preço: R$ 4,75 – Muffato
Diferença: R$ 5,23

– Panettone Prestígio 400g, marca Nestlé, variação de 49%:
Maior preço: R$  23,90 – Muffato
Menor preço: R$ 15,50 – Tozetto
Diferença: R$ 8,40

– Panettone Alpino 400g, marca Nestlé, variação de 66%:
Maior preço: R$ 25,80 – Muffato
Menor preço: R$ 15,50 – Tozetto
Diferença: R$ 10,30

Confira a lista completa:

Lista Procon Preços Natal

Confira outros Posts