A Agência do Trabalhador, órgão ligado à Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, divulgou na segunda-feira (14) o seu balanço parcial de atendimentos referente a 2018, englobando a primeira quinzena de dezembro. Em comparação ao ano passado, os índices de empregabilidade são positivos: a oferta de vagas de emprego aumentou 19%, chegando a 6.202 vagas disponibilizadas, enquanto a procura pelo seguro-desemprego diminuiu 1.058 processos, chegando a 12.242 pedidos confirmados.

Porém, mesmo com a alta na oferta de empregos, o total de colocados diminuiu, totalizando em 2.807 neste ano até então, contra 3.295 no acumulado de 2018. Para o diretor da Agência do Trabalhador, John Elvis Ramalho, a queda se dá tanto à qualificação dos candidatos quanto à otimização do atendimento.

“Nesse ano ofertamos muitas vagas para os níveis técnico e superior, públicos que não buscam tanto o atendimento da Agência quanto os outros. Também buscamos fazer seleções com mais esmero, atendendo aos requisitos exigidos pelo empregador para ter mais prestígio junto ao empresariado e fazer com que ele continue usando a intermediação do órgão nas suas contratações”, avalia Ramalho.

Mais serviços

O diretor também lembra que em 2018 três novos serviços passaram a ser ofertados. “No início do ano iniciamos o auxílio na elaboração de currículos, em abril começamos a emitir Registro de Identidade [RG] e em maio demos início à emissão da Carteira de Trabalhador e Previdência Social [CTPS]”, aponta John Elvis, ressaltando os resultados: enquanto em sete meses e meio foram produzidos 3.763 RGs, em pouco mais de meio ano quase 3 mil CTPS foram emitidas pelo órgão.

No total, a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa registrou cerca de 203 mil atendimentos, considerando todos os serviços disponibilizados. “Também intensificamos o uso do aplicativo Sine Fácil, no qual a pessoa precisa apenas fazer o seu cadastro pessoalmente e depois pode se candidatar a vagas de emprego através do seu celular”, lembra o diretor municipal.

O prefeito e secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Marcelo Rangel, destaca a contribuição do trabalho realizado pela Agência no desenvolvimento de Ponta Grossa.

“Os nossos índices econômicos têm se mantido estáveis e em crescimento nos últimos anos. Nosso saldo de empregos continua positivo, nosso PIB teve um crescimento real de quase 10% e nos destacamos em todos os setores no cenário estadual. A Agência do Trabalhador é um órgão de credibilidade que atua diretamente com a população, oferece cada vez mais serviços e promove projetos de descentralização para melhor atender a comunidade”, destaca Rangel.

Atendimento de final de ano

Na próxima sexta-feira (21) a Agência do Trabalhador estará fechada devido à manutenção do sistema do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), no qual o órgão municipal opera. Nos dias 24 e 31 de dezembro e 2 de janeiro também não haverá atendimento, pois será realizada captação para a abertura de vagas a partir do dia 3 de janeiro, quando o atendimento será normalizado. Nos dias 26, 27 e 28 de dezembro o expediente é normal, das 8 às 16 horas. (Com assessoria)

Confira outros Posts