Brasil

Segurança: Polícia Civil e Militar recebem 166 novos veículos

A frota de segurança pública do Paraná recebeu nesta terça-feira (27) o reforço de mais 166 novos veículos. São 117 camionetes para a Polícia Militar e 27 para a Polícia Civil (modelo Trailblazer, Chevrolet) e 22 caminhões guinchos para a PM. O investimento do Governo do Estado foi de R$ 29 milhões.

“Trata-se de veículos robustos, modernos e equipados para dar agilidade e segurança aos nossos policiais”, disse a governadora Cida Borghetti ao entregar os veículos em solenidade no Palácio Iguaçu, em Curitiba. “Manifesto aqui a gratidão aos nossos policiais pela dedicação e vontade de servir”, afirmou a governadora.

Cida destacou os avanços em segurança pública durante sua gestão. “Demos um salto em tecnologia de informação, criamos a Divisão de Combate à Corrupção e a secretaria especial de Administração Penitenciária. Fizemos a integração e humanização das forças de segurança. Também repassamos um helicóptero para fazer o monitoramento da região de fronteira, em Foz do Iguaçu”, disse.

Competitivos

Para o secretário de Segurança Pública, Júlio Reis, os veículos são essenciais para elevar ainda mais a qualidade do trabalho dos policiais. “São veículos potentes, competitivos para o enfrentamento da criminalidade, além de conferir mais segurança às nossas equipes. É uma demonstração de respeito aos policiais”, afirmou.

Trabalho ostensivo

Os novos veículos para a Polícia Militar reforçarão o trabalho ostensivo das unidades operacionais em diversas regiões do Estado, tanto no ambiente urbano quanto rural. O investimento para a compra dos veículos foi de R$ 24,3 milhões.

A comandante-geral da PM, coronel Audilene Dias Rocha, destacou que as caminhonetes são ferramentas importantes para o desempenho do trabalho dos policiais. “As caminhonetes serão distribuídas às companhias, pelotões e batalhões de choque. São veículos com altura que permite entrar em qualquer tipo de terreno e ambiente, isso facilita muito as ações e as operações já que os grupos de choque entram em locais de difícil acesso. Quem ganha é a população”, disse ela.

A comandante-geral destacou que desde 2016 as forças de segurança trabalham nesse projeto para aquisições dos veículos. As caminhonetes serão distribuídas aos municípios de Curitiba (57), Londrina (14), Marechal Cândido Rondon (13), Maringá (8), Foz do Iguaçu (8), Ponta Grossa (6), Cascavel (6) e Guarapuava (5). Já os 22 guinchos auxiliarão no trabalho das equipes policiais na remoção de veículos. Seis caminhões guincho serão entregues para Curitiba e seis para outros municípios.

A Polícia Civil receberá 27 caminhonetes do mesmo modelo e marca. O investimento foi de R$ 4,7 milhões. Segundo o delegado-geral da PC, Naylor Robert de Lima, essas reposições de veículos são fundamentais. “Nos últimos anos tivemos uma boa reposição na frota da Polícia Civil. Essas viaturas de grande porte, em especial, dão mais condições aos policiais. É valorização de toda nossa equipe”, disse.

Os veículos serão destinados as Divisões do Cope, de Combate à Corrupção, Delegacia de Furtos e Roubos (DCCP), Furtos e Roubos de Carga (DENARC), Núcleo de Operações com Cães, Grupamento de Operações Aéreas (GOA), Divisão de Homicídio e de Proteção à Pessoa, Centro de Triagem (DIC), Divisão de Infraestrutura, Divisão Polícial do Interiro (DIP) e Tigre.

Presenças

Participaram da solenidade de entrega dos veículos o chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico; os secretários de Estado da Comunicação, Alexandre Teixeira; da Cultura, Luiz Fiani, e da Administração Penitenciária, coronel Élio de Oliveira Manoel; o comandante do Estado-Maior da PM, coronel Antônio Zanata Neto; o subcomandante geral da PM, coronel Arildo Luiz Dias; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Edmilson Barros; o delegado-geral adjunto da PC, Francisco José Batista da Costa; o comandante do BOPE, tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira; o delegado da Divisão de Combate à Corrupção, Renato Figueroa; o gerente de Vendas Diretas da GM do Brasil, Weslen Peres; o coronel Adilson Castilho Casitas; os deputados estaduais Maria Victória, Alexandre Curi, Andre Bueno, Pedro Lupion, Elio Rush; o diretor-geral do Departamento de Trânsito do Paraná, Marcello Panizzi, o chefe da Casa Militar, coronel Maurício Tortato, prefeitos e vereadores, servidores e policiais. (Com assessoria)

Confira outros Posts