Destaques Ponta Grossa

Em seis anos, Cescage gerou mais de R$ 12 mi em economia aos cofres públicos

O ensino teórico vivenciado na prática como forma de inserção antecipada no mercado de trabalho é uma das propostas das Faculdades Cescage. A instituição de ensino, que completou 19 anos em outubro de 2018, presta há anos serviços gratuitos em diversas áreas para toda a comunidade.

Esses atendimentos proporcionaram uma economia de mais de R$ 12 milhões aos cofres da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa somente nos últimos seis anos. Esse trabalho social foi realizado pelos cursos de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil e Elétrica, Fisioterapia, Farmácia, Nutrição, Odontologia e Medicina Veterinária.

Clínicas Odontológicas

Dentro das Clínicas Odontológica​s os alunos realizam mais de dois mil atendimentos mensais. Os procedimentos são gratuitos para toda comunidade de Ponta Grossa e Região dos Campos Gerais. De 2012, até setembro de 2018, as Faculdades Integradas dos Campos Gerais – CESCAGE geraram uma economia de mais de R$ 8 milhões.

O trabalho do Cescage é voltado para pacientes com baixo poder aquisitivo ou que ainda não conseguem vagas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), que estão com defasagem de profissionais. “Atendemos pessoas que realmente precisam de tratamento odontológico e não têm condições financeiras de pagar na rede particular ou enfrentam sérias dificuldades no sistema público de saúde. Estamos orgulhosos de todos os estudantes e professores que fazem esse trabalho diário e que transformam sorrisos”, disse o coordenador do curso Alessandro Lisboa.

“Os procedimentos ofertados nas clínicas vão desde tratamentos básicos como de limpeza e restauração, até casos mais complexos como implantes e cirurgias bucais”, relatou a professora Rosângela Pironti de Castro. O professor de Odontologia, Francisco Ciesielski, é cirurgião-dentista da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa e atua no Hospital Municipal Dr. Amadeu Puppi, juntamente com a professora Rosângela.

Para eles a instituição é fundamental para a saúde da sociedade. “Temos de 300 a 500 pacientes por mês da região dos Campos Gerais, através do diagnóstico e estomatologia. Eles fazem parte da demanda primária e secundária da atenção básica de saúde. Outras instituições não conseguiriam absorver todo esse número de pacientes que temos no Cescage. Nós damos todo o suporte para os atendimentos de referências nas especialidades odontológicas”, disse.

Clínica Cicatriza

Na Clínica Cicatriza os pacientes portadores de feridas agudas e crônicas, recebem cuidados especiais através do trabalho interdisciplinar dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia. Foram realizados 1.440 procedimentos de novembro de 2017 à setembro de 2018, contenção de aproximadamente R$ 2,3 milhões aos cofres públicos. Dona Cenir Zada, tem 74 anos e há 04 anos está tratando uma ferida na perna. “Eu tive uma úlcera na perna e também devido a medicação que toma para dor nas costas, saiu feridas na perna. Nos postos de saúde não tem como, eles mandam direto para casa. Se não tivesse esse atendimento nem perna eu teria mais, estou me curando, minha perna estava horrível”, diz.

Clínicas Enfermagem

A Clínica Bem me Quero, começou a atender em outubro de 2017. Desde então foram realizados 170 procedimentos. São pacientes que não encontram vagas no SUS e procuram o Cescage por indicação da Rede Feminina de Combate ao Câncer. Na Unidade de Olarias são realizadas as coletas de preventivo e exame das mamas, orientações sobre auto exame e cuidados.

Outro projeto recém-inaugurado é o MamAmor, que fica instalado dentro do Hospital da Criança de Ponta Grossa. De outubro de 2017, até setembro já foram mais de 200 procedimentos. As mães levam os bebês para avaliação das mamas e tratamento das fissuras mamilar. Professoras Especialistas da área do Cescage, fazem todas orientações sobre aleitamento e cuidados com a fissura mamilar e posicionamento para uma pega correta.

Clínicas Fisioterapia

Nas Clínicas de Fisioterapia, alunos e professores atendem nas áreas de Ortopedia, Neuroadulto, Hidroterapia, Hidroginástica, Reeducação Postural, Dermato, Oncologia e crianças com Síndrome de Down. A Karine Isabel Pinto da Silva, de 52 anos, fica renovada após o atendimento de Hidroterapia. Duas vezes por semana ela vem no Cescage. Em 2013, ela descobriu que estava com câncer de mama e teve que retirar os seios e a axilas. Em 2017, apareceu uma metástase nos ossos.

Desde o ano passado ela faz hidroterapia no Cescage. “Eu tenho muita dor nas pernas e quando faço a hidro relaxa muito, vou para casa satisfeita e já posso fazer tudo. Eu amo esse lugar, ganho meu dia vindo aqui. O atendimento é maravilhoso”, relatou. Os relatórios de atendimentos apontam para uma economia de cerca de R$ 210 mil reais a Prefeitura, nos últimos seis anos

Clínicas Nutrição

A estudante, Bárbara Ferreira Jula, está no 7º período de Nutrição e afirma que pretende seguir carreira na área de saúde pública. “Quero fazer concurso da prefeitura para atuar nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e também trabalhar na área de nutrição esportiva”, revelou.  A estudante participa de estágios nas clínicas Escola de Nutrição do Unidade Olarias e Sede São José. Já foram mais de 980 atendimentos nos últimos três anos, redução de mais de R$ 140 mil aos cofres públicos.

“Os estágios são extremamente importantes para o aperfeiçoamento do conhecimento, só neles podemos realmente ver em qual área nos encaixamos melhor, e também colocamos em prática tudo aquilo que aprendemos durante os anos de teoria, pra mim as aulas práticas apresentam uma maior taxa de aprendizado”, comentou.

Clínicas Farmácia

O atendimento no laboratório de Análises Clínicas do curso de Farmácia, é uma forma de aprendizado prático onde os alunos e professores são desafiados em situações reais de contato e cuidado com o paciente. O trabalho é feito no CESCAGE e Hospital São Camilo, atendendo desde 2011 pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Na Farmácia da Partilha, na Igreja São José, somente em 2018 foram realizados4571 atendimentos.

Núcleo de Práticas Jurídicas

De julho de 2015, até o mesmo mês de 2018, o Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ), do curso de Direito, realizou mais de 800 atendimentos para a comunidade, seguindo os valores dos honorários advocatícios, gerando economia de R$ 2,6 milhões ao erário público. Os atendimentos são nas áreas Cível, Família e Trabalhista.

Hospital Veterinário

O Hospital Veterinário do Cescage, CESVET realizou nos últimos quatro anos mais de 1500 atendimentos Clínicos e Cirúrgicos para animais de pequeno porte. A comunidade leva até a Fazenda Escola, onde está instalado o hospital, principalmente cães e gatos. Além disso, o curso de Medicina Veterinária, desenvolve o projeto Mascotes da Alegria. A iniciativa já recebeu a visita de mais de 3 mil pessoas. São crianças e adolescentes de escolas, entidades e da comunidade em geral participam da Terapia Assistida por Animais.

Escritório Modelo

O Escritório Modelo laboratório é um espaço onde os acadêmicos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Administração, trabalham de forma integrada em projetos de cunho social atendendo à comunidade externa sem concorrer com o mercado de trabalho e profissionais da área. Os projetos realizados pelos estagiários, supervisionados por professores, já ajudaram mais de 30 entidades.

Os atendimentos são realizados desde 2015, gerando, para a comunidade, uma economia de quase R$ 1 milhão. Esse valor foi calculado tendo como base os honorários mínimos das entidades de classe das profissões envolvidas, nos projetos. Entre os projetos realizados pelo Escritório Modelo do CESCAGE, estão, Lar das Vovozinhas, praça Vila Vendrami, Centro de Cultura Santa Mônica, brinquedoteca CRAS – 31 março, CRAS Jardim Carvalho, CRAS Santa Luzia, Colégio Estadual Regente Feijó, Cadeia Pública Hildebrando de Souza, lanchonete – Parque Ambiental e Parque Margherita Masini. (Com assessoria)

Confira outros Posts