Destaques Ponta Grossa

Familiares pedem por justiça no caso da morte de laçador em PG

Familiares do laçador Antenor do Carmo Ribas, de 69 anos, que morreu após uma discussão enquanto trabalhava, organizaram um manifesto em frente à Estação Arte, onde aconteceu a ocorrência, pedindo justiça pelo caso. O protesto aconteceu nesta segunda-feira (19) no centro de Ponta Grossa.

O funcionário do setor de Zoonoses da Prefeitura Municipal faleceu no dia 12 de novembro, enquanto fazia recolhimento de um cão no Parque Ambiental. Enquanto fazia o trabalho, Antenor foi abordado por pessoas que pediram pra que ele parasse a ação. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o óbito se deu em virtude de uma parada cardiorrespiratória após o momento de estresse no local.

Durante o ato, entes e amigos da vítima levaram faixas e vestiram camisetas repudiando o caso e pedindo justiça. A mobilização reuniu cerca de 50 pessoas. (As informações e foto são do Portal aRede!)

Confira outros Posts