No próximo dia 23, acontece a tradicional Black Friday, oportunidade para os consumidores adquirirem produtos desejados a preços mais baixos. A Conceito Imóveis vai aderir à campanha e garante o verdadeiro desconto, convidando o consumidor a verificar, desde já, os valores de aluguéis e vendas de imóveis pelo site conceitoimoveispg.com.br.
Lá aparecem os valores hoje, e no dia 23, numa nova consulta, os consumidores irão encontrar descontos de até R$ 80 mil na venda de imóveis. Para a locação, foram separados 50% dos imóveis disponíveis com descontos. A campanha da Conceito Imóveis vai até o dia 30. “Nós vamos fazer a nossa Black Week em respeito aos nossos clientes. Aqui faremos descontos efetivos, com preços atrativos”, diz o diretor Maurício Antunes.
Presente no Brasil há alguns anos, a data ainda gera certa desconfiança sobre o verdadeiro desconto, que pode ser “maquiado”, ou seja, apresentar falsos descontos ou aumento de preços para depois oferecer desconto maior, pelo comércio. Contra isso, o Procon de Ponta Grossa e a Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa (ACIPG) orientam justamente o que a Conceito propôs: a pesquisa dos preços dos produtos antes da data, e ir acompanhando a evolução dos preços. “É sempre bom ficar atento. Nos anos anteriores vimos em outras imobiliárias descontos irreais, com valor maior que o custo do próprio imóvel”, diz Antunes.
De acordo com o Procon, o consumidor tem o direito de exigir que os produtos sejam vendidos exatamente como anunciados. Se isso não acontecer, além da “maquiagem” de preços pode ser caracterizada como publicidade enganosa e o estabelecimento ser acionado, o consumidor pode reclamar junto ao Procon, ou propor diretamente uma ação no Juizado Especial. O coordenador do Procon Ponta Grossa, Leonardo Werlang, também lembra que as garantias e prazos de entrega de produtos adquiridos na Black Friday são os mesmos. Ou seja, a Black Friday não isenta o fornecedor do cumprimento da legislação. Compras também nesta data garantem ao consumidor o direito a troca de mercadoria no prazo legal de 30 dias, se ela estiver com defeito. E, caso o problema não seja resolvido, o consumidor pode optar por ser ressarcido do valor gasto na compra.
Mesmo não desenvolvendo nenhuma campanha alusiva ao período de descontos, a ACIPG é favorável tanto para o consumidor que tem a oportunidade de comprar o que deseja com preços mais atrativos, como também para o comércio, principalmente das lojas físicas de Ponta Grossa, que aumentam de maneira expressiva suas vendas. “A principal vantagem na Black Friday é aquecer o comércio e movimentar a economia”, salienta a diretora de Comércio da ACIPG, Flávia Barrichello.
Outras recomendações, fornecidas pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec)
– Evite comprar por impulso para não comprometer o orçamento;
– Em caso de redução de preço por defeito no produto, a informação deve ser prévia e clara. Além disso, o defeito não pode comprometer o funcionamento, a utilização ou a finalidade do produto;
– Se for adquirir um produto, preste atenção às cláusulas do contrato. (Com assessoria)

Confira outros Posts