Destaques Ponta Grossa

R$ 8,6 milhões: Licitação da Av. Monteiro Lobato será realizada em dezembro

A Prefeitura de Ponta Grossa realizará no dia 13 de dezembro o processo licitatório, em forma de concorrência, para a execução das obras de restauração da Avenida Monteiro Lobato, no Jardim Carvalho. O edital foi divulgado nesta sexta-feira (9). Para a obra o município investirá até R$ 8,6 milhões. O valor faz parte dos R$ 60 milhões financiados junto à Caixa Econômica Federal através do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), assinado há cerca de um mês. (As informações são do Portal aRede!)

A obra na Monteiro Lobato contempla a restauração do pavimento no trecho entre a Rua Graciliano Ramos e a Chafic Cury, além da construção de um binário. Para isso, também serão revitalizadas a Rua Chafic Cury, no trecho entre a Monteiro Lobato e a Euzébio Batista Rosas, e a própria Rua Euzébio Batista Rosas, entre a Chafic Cury e a Graciliano Ramos. O anuncio da obra e da transformação em binário já havia sido feito pelo secretário de Infraestrutura e Planejamento, Celso Sant’Anna, no dia da assinatura de contrato com a Caixa.

O prefeito Marcelo Rangel destacou que a obra é a primeira dos investimentos de R$ 55 milhões em pavimentação – outros R$ 5 milhões provenientes do Finisa serão utilizados para investimentos na informatização.

“Vamos iniciar com a Avenida Monteiro Lobato, uma das entradas do nosso município, com grande fluxo externo e interno, e logo teremos definido os próximos investimentos, sempre focando em áreas de maior necessidade e que beneficiem grande número de pessoas, como ligações interbairros. Sabemos da necessidade de Ponta Grossa com relação à pavimentação e vamos buscar ainda mais recursos para que todos os bairros recebam algum investimento nesse sentido”, explicou Rangel.

Verba é proveniente do Finisa

Os valores utilizados na obra são oriundos do convênio com a Caixa. De acordo com a Prefeitura, a adesão ao financiamento só foi possível por conta do compromisso da administração municipal em ficar em dia com as dívidas do Município. No mês de junho, em uma ação conjunta entre a Procuradoria Geral do Município e a Secretaria Municipal da Fazenda, a Prefeitura validou seu plano de pagamento para a dívida de precatórios junto ao Tribunal Regional do Trabalho e o Tribunal de Justiça.

Em julho, a Prefeitura obteve também a certidão federal negativa de débitos junto à Previdência Social e Receita Federal, referente ao recolhimento previdenciário dos servidores municipais, após a adesão a um parcelamento de valores que estavam pendentes do recolhimento da cota patronal do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Confira outros Posts