Destaques Política

Ratinho Junior anuncia executivo para a Secretaria de Educação

O governador eleito Ratinho Junior (PSD) anunciou o nome de Renato Feder como o próximo secretário estadual de Educação do Paraná na quarta-feira (07) . Este é o segundo nome revelado até agora para o primeiro escalão depois do general Luiz Felipe Carbonell, indicado na Segurança. As demais secretarias Ratinho Junior só deve definir quando tiver em mãos o estudo sobre a nova estrutura administrativa encomendado à Fundação Dom Cabral. Em campanha ele prometeu enxugar a máquina para 14 pastas.

Ratinho Junior buscou na iniciativa privada o responsável pela pasta. Feder é CEO da Multilaser, empresa com 3 mil funcionários que atua no segmento de eletrônicos e informática. Ele é formado em Administração na FGV e tem mestrado em economia na USP. À frente da empresa, Feder já vem se dedicando à área da educação, por meio de patrocínios a feiras de Ciências. Ele foi durante oito meses assessor voluntário da Secretaria de Educação de São Paulo. Também atuou como professor de matemática por oito anos e professor de economia no Mackenzie.

Disputa pelo empresário 

Segundo informações do jornal O Estado de Minas, o governador eleito Romeu Zema (Novo-MG) havia convidado Feder para ocupar a secretaria da Educação em Minas Gerais, mas disse que por conta da situação financeira do estado o convite foi preterido pelo do futuro governador paranaense.

Feder e Ratinho se conheceram em um evento em São Paulo e, desde então, o empresário tem atuado como consultor do político para a área de Educação.

“É um nome de muita credibilidade, com experiência em diferentes áreas do conhecimento, na estrutura da educação pública e na educação aplicada”, disse o governador eleito do Paraná. Feder afirmou que sua escolha é uma decisão baseada no que representa o projeto de Ratinho Junior: “Escolhi fazer da educação do Paraná a melhor do Brasil. O projeto do Ratinho Junior me dá a garantia de que vamos conseguir”, disse. (As informações são da Folha de Londrina)

Foto: República de Curitiba

Confira outros Posts