Destaques Ponta Grossa

FNDE libera o uso de R$ 3,4 milhões em obra no Teatro Pax

O reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Miguel Sanches Neto, e o deputado federal Sandro Alex (PSD), estiveram na sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e confirmaram a liberação de R$ 3,4 milhões para retomada das obras do Centro de Eventos do Cine Teatro Pax. A reunião aconteceu na terça-feira (06), em Brasília.

O custo inicial previsto para a obra era de R$ 4.195.471,19. Em 11 de outubro, a obra foi licitada em aproximadamente R$ 3.9 milhões. A empresa vencedora do pregão online aplicou desconto de 7%. Do valor total licitado, a Universidade investirá em torno de R$ 430 mil em recursos próprios e restante será custeado pelo FNDE, que já depositou R$ 1.778.433,95 para início das obras. “Assumimos o compromisso de cumprimento de pelo menos 3% da obra ainda em 2018”, explica Sanches.

O reitor e o deputado foram recebidos pelo diretor de Gestão, Articulação e Projetos Educacionais do (FNDE), Leandro José Franco Damy, e o assessor Rodrigo Pimenta. Além da liberação de recursos, a pauta do encontro foi a aprovação de novo prazo para a obra e apresentação do novo modelo de gestão de relacionamento da Universidade com os órgãos de fomento.

“Conseguimos restabelecer uma boa relação entre o FNDE e a UEPG. Tanto o Fundo quanto o deputado Sandro Alex se comprometeram em nos ajudar a concluir todas as obras paradas ou atrasadas, que recebemos das gestões passadas inconclusas”, enfatizou o reitor.

Sandro Alex

Sanches destaca a atuação do deputado federal Sandro Alex, que acompanha o processo da obra desde o início e trabalhou intensamente para ampliar, empenhar e liberar este volume de recursos. O parlamentar afirma que a retomada das obras é uma grande conquista.

“O reitor assumiu o compromisso com o FNDE de, em tempo recorde, abrir o processo de licitação e retomar as obras antes do final do prazo. Conseguiu fazer todo o processo no tempo exigido, menos de 90 dias”, enfatiza o deputado. “Vamos finalizar e entregar esta obra tão importante para a comunidade acadêmica e, principalmente, para Ponta Grossa”, disse.

O prefeito do Campus Universitário, o engenheiro civil e professor Eduardo Pereira, destaca que a retomada das obras do Pax é um marco para esta administração. Segundo ele, a finalização desta obra é um anseio da comunidade universitária, que terá reflexos diretos na cultura dos Campos Gerais.

“Estamos comprometidos no desenvolvimento e execução deste projeto. Toda a equipe uniu esforços para finalizar esta licitação e iniciar o mais rapidamente a execução dos serviço”, conclui Pereira.

Sobre a obra

O Centro de Eventos do Cine Teatro Pax-UEPG quando concluído deve ter quatro pavimentos, com área de 4.407,06 metros quadrados. O prédio terá elevadores de acesso aos portadores de mobilidade reduzida, as instalações sanitárias em todos os andares com equipamentos de acessibilidade. Além disso, está previsto estacionamento coberto e estacionamento externo; salas amplas para diversos eventos simultâneos, auditórios e uma sala para exposição de filmes; espaço para vivência; salão para exposições e áreas de serviço. (Com assessoria)

Confira outros Posts