Destaques Mais Notícias

Contratos com clínicas veterinárias são renovados para castrações de cães e gatos

Na tarde desta quinta-feira (8), o prefeito Marcelo Rangel reuniu seis clínicas veterinárias que participaram de credenciamento para assinar contratos que vão assegurar mais um ano de castrações em cães e gatos. Os procedimentos são gratuitos e encaminhados pelas Organizações não Governamentais (Ongs).

A ação é uma das responsabilidades firmadas pelo atual governo e foi denominada de projeto Vet-Amigo, onde a partir de agora realizará ainda mais ações em conjunto com as clínicas veterinárias. “A grande importância dessa parceria é a questão de mordedura e diminuição de animais soltos nas ruas. Já participamos há cinco anos das castrações, sempre disponibilizados o serviço. Recebemos os animais das Ongs, eles fazem a triagem de todos e nos enviam, agora com a criação do novo projeto poderemos fazer ainda mais”, Camila Cosmoski, representante da clínica É o Bicho.

Números

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através do departamento de Zoonoses, tem registros que marcam cerca de 1800 castrações de 2007 a 2012. Já de 2013 até julho de 2018 foram castrados quase 13 mil animais. “Cuidamos da saúde animal, investimos em estruturas e equipamentos para que a cada ano consigamos melhorar ainda mais as condições dos animais abandonados. Fechar mais este contrato é a garantia de que teremos ainda mais castrações pelos anos que virão. Montar o projeto com mutirões através das parcerias com as clínicas diminuirá ainda mais os animais nas ruas e os maus-tratados”, destaca o prefeito Marcelo Rangel.

As castrações são disponibilizadas para pessoas que contenham algum benefício do Governo, que sejam cadastradas em programas assistenciais. As que tiverem interesse, devem entrar em contato com umas das ONGs: Fauna, Canil Lar, APA, Volgan ou SOS Bichos, elas realizarão o encaminhamento correto.

“Todos os animais castrados pelas clínicas recebem microchips distribuídos pela Prefeitura Municipal, para que haja um acompanhamento e um controle dos animais que recebem o atendimento”, comenta o médico veterinário da Zoonoses, Leandro Inglês.

Até dezembro de 2018 a Prefeitura pretende realizar 3200 castrações, ou seja, até o final do ano mais de 900 animais receberão o procedimento. “Continuaremos realizando nosso trabalho e nossas atividades da melhor maneira possível, mas é importante destacar que a população também tem que ajudar, mantendo seus cães presos em seu terreno e realizando a guarda responsável”, ressalta a secretária da SMS, Angela Pompeu.

Outros serviços relacionados à Saúde Animal

A Prefeitura também conta com as castrações através do projeto Castramóvel, que atende as famílias de baixa que tenham interesse em castrar seus animais. Além disso, foi inaugurado o Centro de Referência de Animais em Risco (CRAR), onde os profissionais técnicos resgatam animais que passaram por maus-tratos ou geram algum tipo de transtorno para a sociedade. O CRAR é um ambiente transitório, onde os animais passam por tratamento, recebem vermífugos, são microchipados e ficam disponíveis para adoção.

A Guarda Municipal também tem um papel muito importante dentro dos cuidados com os animais, são eles que recebem as denúncias através do 153 e realizam os encaminho necessários. (Com assessoria)

Confira outros Posts