Destaques Ponta Grossa

Procon investiga mais de 50 casos de desconto indevido em aposentadorias e pensões

O Procon da Prefeitura de Ponta Grossa, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), investiga a procedência de 56 denúncias relacionadas a descontos indevidos realizados em benefícios de aposentados e pensionistas.

O número de reclamações, que teve um aumento considerável nas últimas semanas, é relacionado principalmente a duas instituições de classe, de acordo com o coordenador do Procon, Leonardo Werlang.

Grande parte das reclamações recebidas dizem respeito a uma associação e a um sindicato ligado a aposentados e pensionistas e que tem feito descontos mensais sem anuência dos beneficiários. Por isso, orientamos aos cidadãos para que verifiquem os extratos dos seus benefícios e, caso identifiquem algum desconto indevido, procurarem imediatamente o órgão previdenciário responsável pelo pagamento do benefício, assim como o Procon para o registro da reclamação e encaminhamento das providências cabíveis”, declara Werlang.

Ele também explica que, “confirmada a prática abusiva, o cidadão deve ter os valores restituídos em dobro e, em casos específicos, também pode proceder com a abertura de uma ação judicial por danos morais”, finaliza. (Com assessoria)

Confira outros Posts