Destaques Ponta Grossa

Secretaria de Saúde realiza programa contra obesidade

A Organização Mundial da Saúde aponta a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. A projeção é que em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso e mais de 700 milhões obesos. Diante deste cenário, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através do Núcleo de Atenção à Saúde da Família (NASF) de Oficinas, está realizando um projeto direcionado às pessoas que estão acima do peso ideal, o Nova Forma.

Nesta edição, os profissionais contam com 24 pacientes para desenvolver atividades dentro de oito semanas, os encontros são semanais e acontecem toda quarta-feira no Centro de Convivência do Idoso da Vila Cipa. Todos acompanhados por psicólogos, nutricionistas e educadores físicos.

“Já é consenso na literatura que a abordagem interdisciplinar no tratamento da obesidade é muito mais efetiva para mudanças comportamentais do que tais práticas realizadas de forma isolada. Sendo assim o objetivo geral deste trabalho é identificar ações interdisciplinares que podem levar a mudança de hábitos, perda de peso e recuperação da saúde em usuários obesos”, destaca a coordenadora do projeto e nutricionista do NASF, Liz Elaine Sowek.

Critérios de seleção

A seleção das pessoas é através dos seguintes critérios de inclusão: adultos de ambos os sexos, com idade de 20 a 60 anos, não gestantes, IMC maior que 30, alfabetizados e fisicamente independentes, que não utilizam medicamentos para perda de peso e que concordem em assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE).

“ Os participantes do grupo são encaminhados para o preenchimento da ficha de anamnese, contendo dados pessoais, sócios econômicos, antecedentes patológicos e hábitos de vida. Na sequência ocorre a avaliação clínica e laboratorial, avaliação antropométrica, incluindo o peso, a estatura, a circunferência da cintura, o índice de massa corpórea, medição da relação cintura-estatura e avaliação de consumo mediante Questionário de Frequência Alimentar”, explica Liz.

Cada grupo será composto por 25 participantes no máximo. Num primeiro momento eles serão recebidos pelos facilitadores (psicóloga, nutricionista e educador físico) e encaminhados para as atividades teóricas ou práticas de orientação por meio de palestra, roda de conversa, aula prática e dinâmica em grupo. No último encontro será feito novamente avaliação clínica, laboratorial, nutricional e antropométrica para que os dados possam ser comparados e analisados.

“Eu estou muito empolgado e envolvido com o projeto. Já tentei várias maneiras, mas sempre acabo me desestimulando. Estou adorando participar, me sinto à vontade no grupo e gosto de compartilhar minhas experiências. Já perdi 2kg, quero perder ainda mais. Tenho certeza que dessa vez darei andamento as orientações”, destaca o participante Lauro Souza Alves, 22 anos.

Para estimular e motivar os participantes está sendo usada técnica de gamificação (os participantes são divididos em 2 grupos e competem entre eles) e grupo de whatsapp para postagem de receitas e desafios semanais.

Nesse primeiro momento está sendo realizado na região de Oficinas, porém a SMS pretende estender para a cidade toda. Os interessados devem procurar a Unidade Básica de Saúde Cyro Garcia, em Oficinas, e fazer o cadastro. (Com assessoria)

Confira outros Posts