Cidades Destaques

Pesquisa CNT mostra avaliação positiva das rodovias administradas pela CCR RodoNorte

Os principais eixos rodoviários cuidados pela CCR RodoNorte no Paraná foram avaliados pela 22ª Pesquisa Nacional de Rodovias da Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgada na quarta-feira (18). A melhor avaliação veio da PR 151, no segmento Ponta Grossa entre Piraí do Sul, que foi mais uma vez classificada como ótima pelos pesquisadores da CNT. No total, mais de 107 mil quilômetros de rodovias foram avaliados pela Confederação em todo o país.

Além da avaliação ótima da PR 151, as duas ligações estaduais melhores avaliadas pela CNT no Paraná possuem trechos cuidados pela CCR RodoNorte: é o caso da BR 277, com o trecho entre Balsa Nova e Curitiba, e a BR 376, a Rodovia do Café, com o segmento entre Apucarana e Palmeira. Juntamente com a análise das rodovias em si, a pesquisa CNT de Rodovias traz, ainda, análises socioeconômicas e ambientais, além de informações sobre infraestrutura de apoio disponível nas rodovias.

Para o presidente da CCR RodoNorte, Juvêncio Pires Terra, a boa avaliação obtida na pesquisa mostra o trabalho contínuo da companhia em busca da excelência em todas as áreas, como também o legado do programa de concessões no Paraná.

“Toda a estrutura que a concessionária disponibiliza aos usuários, que vai muito além da qualidade no pavimento e das condições de sinalização, colabora para a melhoria constante das rodovias e também dos municípios que estão ao longo dos segmentos dos quais cuidamos aqui no Paraná”, ressalta.

Canteiro de Obras

Com 13 frentes de obras simultâneas em duplicações na BR 376 e na PR 151, a CCR RodoNorte teve a sua classificação de trechos como regular em apenas dois pontos: na BR 376, entre Tibagi e Mauá da Serra, e na PR 151, entre Piraí do Sul e Jaguariaíva. Os dois segmentos passam por obras de duplicação e tiveram novos trechos liberados ao tráfego, inclusive, após a realização da pesquisa – feita entre os dias 14 de maio e 14 de junho.

Nos trechos em obra, por conta do alto número de trabalhadores e máquinas em atividade, alguns segmentos passam por adaptações durante a duplicação. “Por conta da implantação das novas pistas, ocorrem algumas retenções de tráfego para execução dos trabalhos”, explica Mauro Bertelli, coordenador de Atendimento da CCR RodoNorte. Só nas obras de duplicação, mais de 1,4 mil trabalhadores em obras da companhia.

Após a visita dos pesquisadores pelos trechos cuidados pela CCR RodoNorte, mais 37 km de duplicação foram concluídos e liberados ao tráfego: na BR 376, o novo trecho duplicado em Tibagi está entre os km 456 e 441, próximo da localidade de Alto do Amparo. Já na PR 151, são 22 quilômetros de duplicação liberados nas regiões de Piraí do Sul (entre os kms 257 e 242) e Jaguariaíva (entre os kms 223 e 215); além das novas pistas, também foram duplicadas duas pontes, ambas localizadas em Jaguariaíva – nos kms 218 e 216. (Com assessoria)

Ligações Rodoviárias Estaduais avaliadas no PR

Fonte: Pesquisa CNT Rodovias

Posição PR  – Posição Brasil – Trecho

1º                       38º         Paranaguá/Foz do Iguaçu (BRs 116, 277 e 376)

2º                      41º         Arapongas/Curitiba (BR-376)

3º                      45º         Trechos Agrupados Norte/Noroeste (BRs 277 e 376, PRs 090, 323, 407, 444, 445 e 508)

4º                      88º         Barracão/Cascavel (BR-163, PRs 163, 182 e 582)

5º                      100º       Campo Mourão/Guarapuava (BRs 466 e 487, PRs 460, 466 e 487)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts