Destaques Ponta Grossa

Novos CMEI e Escola Municipal têm construções iniciadas no Costa Rica

Já estão em andamento as obras de duas novas unidades de ensino no Bairro de Uvaranas, para atendimento das famílias moradoras dos Conjuntos Costa Rica I, II e III, Panamá e Londres. O complexo é formado por um Centro Municipal de Educação Infantil e por uma Escola Municipal, que estão sendo erguidos para atender até 500 crianças de 01 a 10 anos – do Infantil I ao 5º ano do Ensino Fundamental.

Os trabalhos foram iniciados em setembro e tanto a escola quanto o CMEI deverão estar prontos no segundo semestre de 2019. Com o início de mais estas unidades, a soma dos investimentos em obras entregues em 2018 com aqueles que estão em andamento chega a R$ 40 milhões, somente na infraestrutura da Educação.

Demanda

Segundo a secretária de Educação, Esméria Saveli, a nova escola vai atender uma demanda de toda a região. “Ao terminar, colocaremos toda aquela região, onde as mães precisam trabalhar, onde as crianças precisam ser protegidas, em tempo integral nas escolas. Este é o sonho destas famílias e é a política da Secretaria Municipal de Educação para podermos melhorar as condições de vida e as condições de segurança e educação das crianças daquela região”, conta a secretária.

Estrutura

A área total construída terá 3,624 mil m2, sendo 1,908 mil para a Escola, que terá 10 salas de aula, refeitório, cozinha, banheiros e estrutura administrativa – e outros 1,716 mil para o CMEI, que terá nove salas para alunos até 05 anos, com banheiros, fraldários, lactários, cozinha, refeitório e estrutura administrativa. O local também vai contar com casa de zeladoria e duas quadras poliesportivas cobertas, além de áreas de lazer, pátios e parques infantis.

Moradora do Costa Rica, Midiã Suelen dos Santos é mãe de Wesley, 03 anos e outras duas crianças, de 06 e 07 anos, que hoje estudam na Escola Municipal Heitor Ditzel, na Vila Dal Col. Ela comemora a construção da escola perto de sua casa. “O que eu espero é que a escola aqui no Costa Rica tenha a mesma qualidade e tudo o que meus filhos já têm na escola em que eles estão hoje, porque lá eles têm de tudo. E aqui também será em tempo integral, então será muito bom. Eu também espero que nossa comunidade se conscientize da importância desta escola e que todo mundo cuide”, narra Midiã.

Franciele Ferreira, vizinha da nova escola, é mãe de quatro crianças de 02, 04, 08 e 14 anos. Com a pequena Isadora em seu colo, ela já imagina o momento em que as crianças poderão estudar bem em frente de casa, em tempo integral e com todos os cuidados que a infância recebe nas escolas municipais. “Quando falaram que a escola seria aqui, eu não acreditava. Está valorizando muito nosso lugar. Com a escola em frente meus filhos estarão perto, estarão todos juntos e vou economizar muito”, comemora ela.

Tempo integral

Com a construção da nova unidade no Costa Rica, outra escola próxima também será transformada em escola de tempo integral. Será a Escola Municipal General Aldo Bonde, localizada no Jardim Lagoa Dourada, que atualmente atende cerca de 1,3 mil crianças. Grande parte destes alunos, hoje, são moradores dos conjuntos Costa Rica I,II e II, Londres e Panamá, que passarão a estudar mais próximo de suas casas. (Com assessoria)

Confira outros Posts