Chegou a ficar por um fio, mas acabou prosperando a aliança do PSDB de Beto Richa com o PP de Cida Borghetti. A ex-vice e atual governadora será candidata na condição de reeleição ao Palácio Iguaçu, enquanto o ex-governador disputará uma vaga ao Senado. A coligação foi sacramentada nesta sexta-feira (03), em Curitiba.

Cida e o seu articulador político, o marido Ricardo Barros, viam a união com Richa com receio, diante da rejeição em cima do nome do tucano, em virtude das citações em casos de corrupção, como a Operação Quadro Negro. Entretanto, as arestas foram aparadas e Cida e Richa estarão novamente no mesmo palanque nestas eleições.

O outro candidato a senador na chapa será o deputado federal do PTB, Alex Canziani. Nos próximos dias deverá ser anunciado o vice de Cida.

Foto: Diário Indústria & Comércio

Confira outros Posts