Destaques Mais Notícias Política Ponta Grossa Últimas Notícias

Felipe Passos anuncia pré-candidatura a federal e provoca ‘mal estar’ no PSDB

O vereador Felipe Passos (PSDB) enviou material à imprensa nesta sexta-feira (13), via sua assessoria de comunicação, em que anuncia pré-candidatura a deputado federal neste ano. Com a bandeira de trabalhar por políticas públicas para pessoas com deficiência (ele é cadeirante) e pela moralização na política, o parlamentar de primeiro mandato quer disputar uma cadeira na Câmara Federal.

De fato, entrará no pleito para tentar marcar território no cenário político local, testando a sua votação em meio ao eleitorado, tendo em vista que foi o segundo mais votado nas eleições de 2016, com 5.992 votos. As chances de êxito são pequenas, uma vez que no PSDB, precisará alcançar perto de 100 mil votos para se eleger. Pesa contra o vereador, ainda, o fato de não ter atuação política fora de Ponta Grossa.

Entretanto, a decisão do vereador provocou ‘mal estar’ dentro do PSDB, local e estadual. Ocorre que, Passos integra a base do Governo Marcelo Rangel (PSDB) na Câmara, sendo do mesmo partido do alcaide, e ao longo deste mandato tem usufruído dos trabalhos do Executivo para conduzir o seu mandato. Agora, se coloca como pré-candidato a federal diante de um cenário em que o candidato do Governo será o deputado Sandro Alex (PSD), irmão de Rangel.

Uma situação a ser resolvida dentro do ninho tucano, podendo ter, inclusive, interferência em nível estadual. Isso pelo fato de Passos ter se aproximado de Marcelo Richa, filho do ex-governador Beto Richa e pré-candidato a estadual – ambos do PSDB -, a quem o vereador já manifestou o seu apoio para Assembleia. Foi Beto Richa quem convenceu o prefeito Marcelo Rangel a ingressar no PSDB, que agora vê o vereador tucano, auxiliado pelo seu governo, querer entrar na disputa a federal. Agora, Beto pode ser acionado para conter o ímpeto eleitoral do vereador tucano. A conferir!

Confira outros Posts