Sem categoria

AMTT inicia treinamento de agentes para implantação do EstaR Digital em PG

A Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) já iniciou o treinamento de agentes para a utilização do aplicativo do Estar Digital. A medida faz parte do conjunto de etapas necessárias para a implantação da tecnologia no município e deve se estender pelos próximos dias. Com a conclusão do trabalho, os agentes estarão aptos a realizar a fiscalização e as transações que envolvem o estacionamento regulamentado na cidade de forma digital.

“Essa é uma etapa muito importante para nós, pois esclarece as dúvidas e prepara os nossos agentes para atenderem os cidadãos da melhor forma possível, com domínio do aplicativo e das possibilidades de utilização por parte dos motoristas”, declara o presidente da AMTT, Roberto Pellissari.

Segundo ele, a expectativa é de que o sistema possa ser utilizado pelos motoristas nas próximas semanas. “Acreditamos que essa nova modalidade trará inúmeros benefícios para o trânsito de Ponta Grossa e, por isso, queremos que esteja disponível o mais rápido possível aos cidadãos. Da maneira que tem sido desenvolvido todo esse processo, nossa previsão é de toda mobilização que antecede a disponibilização da ferramenta aos cidadãos seja concluída nas próximas semanas. A demarcação das vagas já foi finalizada e a empresa responsável já iniciou a numeração de cada uma delas. Com a conclusão desse trabalho e da capacitação dos nossos agentes, serão necessários apenas mais alguns ajustes para que o aplicativo seja liberado para uso”, destaca Pellissari.

Migração de sistema

De acordo com o presidente da AMTT, a implantação do Estar Digital não extingue, em um primeiro momento, a utilização dos blocos por parte da população. Os agentes ainda aceitarão a marcação dos talões pelos próximos meses, até que seja determinada pela AMTT a utilização exclusiva do aplicativo.

“Nossa intenção é garantir que nenhum cidadão terá prejuízo com a migração do sistema. Sendo assim, pelo menos até o fim desse ano, os agentes estarão autorizados a considerar o talão físico e orientados a esclarecer todas as dúvidas da população”, declara Pellissari.

O que muda?

A principal mudança com a implantação do Estar Digital é a migração para um sistema que não demanda a utilização do bloco de papel pelo usuário, o que agiliza o processo de uso da vaga pelo motorista e da fiscalização por parte dos agentes municipais.

Disponível para download gratuito, o Estar Digital funciona, na prática, de forma muito semelhante ao sistema atual, com o cidadão escolhendo o tempo de estacionamento na vaga e validando a sua estadia por até duas horas no mesmo trecho. (Com assessoria)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts