Política Ponta Grossa

Ricardo Barros deve filiar João Carlos Gomes ao PP para ser candidato a estadual

O ex-reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e atual secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI), João Carlos Gomes, está muito próximo de mudar de cores partidárias. Atualmente no PSDB, seu destino deve ser o Partido Progressista (PP).

De acordo com as informações obtidas pelo Doc, pelo ‘andar da carruagem’, a filiação deve acontecer no próximo domingo (25), durante agenda do ministro Ricardo Barros em Ponta Grossa, que ao lado do governador Beto Richa (PSDB) vão anunciar a liberação de R$ 33 milhões para o laboratório de medicamentos da UEPG – ver matéria. Barros é a maior liderança estadual do PP e deve filiar João Carlos ao partido para que seja candidato a deputado estadual.

João Carlos já foi candidato à Assembleia Legislativa na década de 90. Agora, depois do trabalho desempenhado como reitor da UEPG e como secretário da SETI, pretende colocar novamente seu nome como opção do eleitorado. Para isso, terá que deixar o cargo na Secretaria até o próximo dia 7 de abril, seis meses antes da eleição, conforme determina a Justiça Eleitoral.

Na espera

O PP aguarda ainda pela filiação da vice-prefeita Elizabeth Schmidt, que recebeu o convite direto da vice-governadora Cida Borghetti (PP), depois de se sentir desconfortável no PSB com a filiação do deputado federal Aliel Machado, que pertence a um grupo político antagônico, mas que ingressou na sigla por Brasília. Entretanto, como Elizabeth não deverá entrar na disputa eleitoral deste ano como candidata, a filiação ao PP poderá ficar para depois do dia 7 de abril.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts