Política Ponta Grossa

Comandante do resgate aéreo faz apresentação do serviço aos vereadores

O major Júlio César Pucci, que vai comandar a Base Campos Gerais do Batalhão da Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), esteve nesta quarta-feira (14) na Câmara para uma explanação aos vereadores. O novo serviço vai proporcionar melhor estrutura na área da saúde e segurança pública para Ponta Grossa e todos os municípios num raio de 150 quilômetros. Pucci convidou os parlamentares para a inauguração oficial do BPMOA, marcada para as 9 horas da próxima segunda-feira, no Aeroporto Sant’Ana, onde fica o hangar que servirá de base para os serviços.

O resgate aéreo será acionado sempre que houver casos de urgência e emergência, tanto na área de saúde, no caso de acidentes, quanto na segurança, como nos casos de assaltos. Pucci relatou que os recentes episódios de assaltos a carros fortes em rodovia da região, quanto em bancos na cidade de Palmeira, tiveram a atuação do serviço aéreo.

Pucci contou na Câmara um pouco do histórico do BPMOA, que até oito anos atrás funcionava apenas em Curitiba com atendimento que abrangia somente a região metropolitana da capital. Desde então, o serviço foi ampliado para Londrina, Cascavel, Maringá e agora Ponta Grossa. “Não sou político, mas temos que ser justos neste momento e destacar o trabalho do governador Beto Richa, do prefeito Marcelo Rangel e dos nossos deputados para essa grande conquista que agora se concretiza”, destaca Pucci.

Três papéis fundamentais

O major elencou três papéis administrativos fundamentais para viabilizar o BPMOA. Primeiro, da Prefeitura de Ponta Grossa, que cedeu o hangar no Aeroporto Sant’Ana, além de arcar com os custos de manutenção do local, como energia, água e material de expediente. Segundo, da Secretaria de Estado da Saúde, que está custeando a locação do helicóptero, que funcionará como uma UTI aérea, e vai fornecer a mão de obra dos profissionais da saúde. Terceiro, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, que entra com o serviço de oito militares.

O atendimento do resgate aéreo na saúde funcionará em parceria com o SAMU. Conforme Pucci, caberá ao médico do SAMU fazer uma triagem dos casos de resgate e, se considerar necessário, acionar o uso da aeronave. “O atendimento em casos de traumas é bem mais eficaz se feito dentro da primeira hora do ocorrido”, ressaltou o major.

Presenças

Acompanharam a fala do major Pucci na Câmara o secretário municipal de Segurança Pública, Ary Lovato, a chefe da Terceira Regional da Saúde, Sheila Mainardes, e o coronel da reserva da Polícia Militar, João Jorge dos Santos, que é pai do major. O comandante do BPMOA é irmão do coronel da PM João Jorge dos Santos Junior e do procurador geral do Município, Marcus Vinícius Freitas.

Foto: Kauter Prado\Câmara

Confira outros Posts