Aliel Machado Política Ponta Grossa

Aliel Machado troca Rede pelo PSB e é pré-candidato à reeleição; veja a entrevista

O deputado federal Aliel Machado oficializou nesta segunda-feira (26) a troca de partido. Ele deixou a Rede Sustentabilidade e foi para o Partido Socialista Brasileiro (PSB) na condição de pré-candidato à reeleição. A filiação acontece nesta terça-feira (27), em Brasília. O parlamentar ingressa no PSB juntamente com outro deputado da Rede, Alessandro Molon, do Rio de Janeiro. As tratativas para a mudança de sigla iniciou ainda no final de 2017 e se concretizou nos últimos dias. O convite foi feito pelo presidente nacional da agremiação, Carlos Siqueira. Aliel estudava ainda convites do PDT e PCdoB.

A notícia já era esperada no meio político e repercutiu em âmbito nacional, estadual e municipal. Em nível nacional pelo fato de que Marina Silva, a fundadora da Rede, poderá ficar sem direito a participar de debates caso lance candidatura à Presidência. Para isso não ocorrer, precisará recompor a saída dos dois deputados, já que a legenda possuía exatamente o número mínimo de cinco parlamentares federais para participação em debates.

Em nível estadual, a decisão de Aliel repercutiu no sentido de ingressar em um partido que integra a base do governador Beto Richa (PSDB), a quem Aliel faz oposição. O líder do governo de Beto Richa na Assembleia Legislativa, Luiz Cláudio Romanelli, é do PSB. O partido conta ainda com os deputados federais Luciano Ducci (156.263 votos) e Leopoldo Meyer (59.974 votos). Aliel conquistou 82.886 votos em 2014 e foi o único eleito pelo PCdoB.

Impacto

Já em âmbito municipal, o impacto foi maior, tendo em vista que o PSB integra a base do prefeito Marcelo Rangel (PPS), adversário político de Aliel na disputa pela Prefeitura em 2016, e conta em seu quadro com a atual vice-prefeita de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt, e vereador licenciado Maurício Silva, atual secretário de Governo de Rangel.

Segundo Aliel, a ida para o PSB só ocorreu pelo fato de ter recebido autonomia política da direção nacional, e que continuará sendo oposição ao prefeito. Entretanto, ele frisa que respeita o posicionamento dos demais integrantes, embora frise que partidos têm regras, e que uma delas é a fidelidade partidária.

Fora da janela

Aliel se encontrava em uma situação que poderia mudar de sigla fora da janela partidária, que será aberta em 07 de março. Isso porque, quando deixou o PCdoB para ingressar na Rede, o partido de Marina Silva era novo e a legislação prevê que tanto a entrada quanto a saída de partidos novos não implicam em eventual perda de mandato por infidelidade. Os demais deputados que quiserem mudar de legenda precisam aguardar a abertura da janela.

Veja as declarações do parlamentar na entrevista ao Doc.com:

 

Confira na íntegra a nota emitida por Aliel Machado sobre a mudança de partido:

Ponta Grossa, 26 de fevereiro de 2018.

[email protected] [email protected],

Em atenção e respeito a todos que acompanham o nosso trabalho, comunico nesta carta o meu desligamento da Rede Sustentabilidade, partido o qual me orgulho de ter feito parte desde a sua oficialização, em setembro de 2015. Na ocasião, a convite de Marina Silva, aceitei com entusiasmo o desafio de ingressar no partido e lutar o bom combate diante de uma grave crise política e moral. 

Lutamos juntos. Em algumas ocasiões, vencemos. Em outras, fomos vencidos. Mas sempre combatemos de forma honesta e pensando num bem maior. E é também de forma muito transparente que hoje, mais de dois anos depois, percebo que é hora de trilhar outro caminho. Sinto que fizemos a nossa parte. Terá sempre um pedaço de mim na Rede e uma parte da Rede em mim.

Faço uma menção especial a Marina. Personalidade ímpar na nossa tão desacreditada política. Falar da história dela seria redundância. Mas é preciso ressaltar a sua luta e opção pelo bem comum. Deixo aqui um agradecimento fraterno e sincero de quem continuará a admirá-la. 

Mas a política é feita de decisões. Por isso gostaria de comunicar que, junto com uma das lideranças mais respeitadas do parlamento brasileiro, o deputado Alessandro Molon, aceitei o convite para ingressar no Partido Socialista Brasileiro (PSB), partido que confunde a sua história com as lutas do povo brasileiro. Como disse o líder político Miguel Arraes: “O que importa é a prática política: o que importa são os posicionamentos que se tomam ao lado de determinadas camadas sociais em defesa de teses que interessam à nação como um todo”. 

Sabemos que teremos incontáveis desafios a superar, mas sem dúvida o maior deles é o combate à desigualdade social. O PSB, ciente desse dever, se organiza para intensificar a sua luta em defesa dos interesses nacionais e do desenvolvimento do país. 

O momento político nacional é delicado. E no Paraná também enfrentamos grandes problemas. Por isso agradeço o convite e a confiança do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, que por conhecer a nossa história e trajetória de vida, nos convidou a participar desse momento histórico para o Brasil. Tenho certeza de que teremos muito a contribuir. 

Um grande abraço,

Aliel Machado

Deputado Federal

Confira outros Posts