Política Ponta Grossa

Colégio Estadual no Cará-Cará tem nova licitação e obras serão retomadas

A Escola Estadual Francisco Pires Machado, localizada no Bairro do Cará-Cará, terá as obras retomadas nos próximos dias. A nova licitação ocorreu na última segunda-feira (08) e a vencedora foi a empresa Nakazima Engenharia, de Florianópolis, com custo de R$ 2.315.252,66. O valor final ficou 26,3% menor em relação ao valor inicial da licitação. O resultado do certame foi publicado na edição desta quarta-feira(10) do Diário Oficial do Estado e a partir de amanhã começa a contar o prazo de 5 dias úteis para eventuais recursos das demais empresas concorrentes. A empresa vencedora é a mesma que construiu a Biblioteca de Ponta Grossa.

As obras começaram em 2014 com previsão de término para 2015, via convênio entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Ponta Grossa. Porém, como a construtora Valor, responsável pela construção, se envolveu em casos de corrupção em obras de outras escolas no Paraná, o Tribunal de Contas do Estado determinou a paralisação das obras. Agora, superados os trâmites burocráticos, a escola será concluída. Com a nova estrutura será possível ofertar o ensino médio diurno, o que aumentará de 600 para 1.200 o número de alunos atendidos.

Educação integral

Desde 2002 a Escola Estadual Francisco Pires funciona no mesmo prédio da Escola Municipal Deodoro Alves Quintiliano. O bairro Cará-Cará fica afastado do centro da cidade, é uma localidade bastante populosa, com várias casas novas em construção. Com o novo prédio será possível abrir na Escola Estadual Francisco Pires o ensino médio diurno e atividades de educação integral.

O novo prédio está sendo construído no mesmo quarteirão da escola municipal. Os dois terrenos fazem divisa. O prédio terá dois pavimentos e uma área construída de 3,6 mil metros quadrados. Serão 16 salas de aulas, com capacidade para atender cerca de 600 alunos por turno. A escola também terá laboratórios de informática e ciências, biblioteca, bicicletário, rampas de acessibilidade, quadra poliesportiva, cozinha, refeitórios e parte administrativa. (Com informações da ANPr)

Foto: Arquivo Diário dos Campos

Confira outros Posts