Ponta Grossa

Carnaval e Münchenfest não terão mais recursos públicos em Ponta Grossa

O Carnaval de Rua e a Münchenfest não receberão mais recursos municipais para acontecerem a partir deste ano. A decisão foi anunciada na tarde desta quarta-feira (10) pela Fundação de Cultura, em nota encaminhada à imprensa. O primeiro impacto da iniciativa será sobre o Carnaval deste ano, que acontece entre 10 e 13 de fevereiro. Conforme a nota, a Liga Cultural das Organizações Carnavalescas de Ponta Grossa foi convidada para participar de reuniões ao longo de 2017 para viabilizar o evento através de parcerias com a iniciativa privada, mas que não teve a adesão da entidade e ficou inviável a realização.

“No encontro, acontecido em março, ficou acertado que seriam realizadas reuniões mensais para desenvolver este planejamento, com ações conjuntas em busca de recursos privados e parcerias com outras instituições e grupos organizados. Como não houve participação das escolas após esta primeira reunião, o projeto ficou inviável de ser realizado”, diz a nota.

“Além disso, a partir deste ano há uma determinação do Poder Público Municipal que eventos como o Carnaval e a Münchenfest não mais receberão recursos públicos. Reiteramos ainda que esta Fundação sempre esteve e continuará à disposição das escolas de samba e outros grupos e instituições para colocar em prática projetos, bem como realizar intermediação junto à iniciativa privada, visando o desenvolvimento da Cultura em Ponta Grossa”, conclui a nota emitida pela Fundação de Cultura.

A Liga Cultural das Organizações Carnavalescas de Ponta Grossa contestou o posicionamento adotado pela Fundação de Cultura e lamentou a decisão.

Münchenfest

Em relação à Münchenfest, o contrato para realização do evento com a Tendas Curitiba encerrou em 2017 e o prefeito Marcelo Rangel já anunciou que haverá mudanças na realização da festa, inclusive, com a possibilidade da extinção. Porém, mesmo que a München continue, não receberá mais nenhum tipo de investimento da Prefeitura. Ao longo do contrato que terminou no ano passado, o evento foi terceirizado, mas restaram algumas atribuições ao Executivo.

No site do Executivo é possível o cidadão participar de uma Consulta Pública para opinar sobre o futuro da Münchenfest.

Confira outros Posts