Política Ponta Grossa

Richa libera R$ 4,8 milhões para aeroporto de Ponta Grossa

O governador Beto Richa repassou R$ 4,8 milhões, a fundo perdido, para a ampliação do aeroporto de Ponta Grossa, nos Campos Gerais. A assinatura do convênio aconteceu nesta terça-feira (19) durante solenidade no Palácio Iguaçu, em Curitiba. O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, e o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, participaram do ato, juntamente com o deputado estadual Plauto Miró Guimarães Filho (DEM), que articulou a liberação dos recursos com o governo estadual, e demais lideranças locais.

“O aeroporto de Ponta Grossa é essencial para o desenvolvimento da região e por isso não medimos esforços para melhorá-lo. O novo aporte vai possibilitar a ampliação da pista de pousos e recursos para o revestimento da pista, garantindo mais resistência do piso e segurança”, afirmou o governador durante a solenidade.

Primeiro semestre de 2018

A Prefeitura de Ponta Grossa já deu início aos trâmites para receber os investimentos. Na semana passada, o município requereu junto ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP) uma licença prévia para a realização da obra. A expectativa é que o projeto seja finalizado ainda no primeiro semestre de 2018.

Para Rangel, essa nova parceria com o Governo do Estado traz boas perspectivas para o município. “Um dos mais importantes investimentos que nós poderíamos receber nesse momento de desenvolvimento por qual passa Ponta Grossa”, disse o prefeito. “Sem a colaboração do governo estadual, seria impossível realizar a obra”, complementou.

Acordo

Ponta Grossa foi primeiro município do Paraná a contar com voos diários e conexão direta com o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), fruto de uma parceria entre o Governo do Estado e a Azul Linhas Áreas.

Nesse acordo, a cada novo aeroporto atendido pela empresa o ICMS sobre o combustível é reduzido. A intenção é que os municípios de Umuarama, Pato Branco e Guarapuava também sejam atendidos futuramente pela companhia.

“A soma de esforços dos gestores públicos e o apoio de classes empresariais têm sido fundamentais para viabilizar esses investimentos”, disse José Richa Filho, o Pepe Richa.

Para o deputado Plauto Miró, o investimento é fundamental para deixar Ponta Grossa com um aeroporto que tenha todas as condições estruturais para proporcionar o crescimento da cidade.

Plano Aeroviário

De acordo com Pepe Richa, o Plano Aeroviário do Estado, levantamento técnico da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), tem sido essencial para o desenvolvimento da aviação no Paraná.

“O plano, além de apresentar um panorama dos aeroportos e aeródromos públicos, facilita o diálogo entre o poder público com as empresas”, disse. “Ponta Grossa passou a receber voos comerciais em função dos estudos técnicos que elaboramos, por exemplo”, complementou.

Desde 2011, o Governo do Estado destinou R$ 38 milhões para a contratação de estudos e obras de infraestrutura e aumento de capacidade nos aeroportos regionais.

Presenças

Também participaram da solenidade o presidente da Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa (Acipg), Douglas Fanchin Taques Fonseca; o presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa, Sebastião Mainardes Junior; o secretário municipal de Indústria e Comércio, Paulo Henrique Carbonare; o vereador Mingo Menezes; os ex-prefeitos Jocelito Canto e Otto Cunha, o deputado estadual Marcio Pauliki e o diretor da Assembleia Legislativa do Paraná, João Ney Marçal. (Fonte: PMPG)

Confira outros Posts