Brasil Política

Estado compra 10 mil novos computadores para escolas

O Governo do Paraná finalizou na manhã desta sexta-feira (15) o processo de compra de 10 mil novos computadores para as escolas da rede estadual da educação. A medida faz parte do Programa Escola Conectada, autorizado pelo governador Beto Richa para atualizar o parque tecnológico das escolas públicas. “Vamos fazer o esforço necessário para garantir uma melhor qualidade de ensino, disponibilizando ferramentas modernas e necessárias para os professores e estudantes”, disse Richa.

A concorrência foi realizada pelo Instituto Fundepar. Finalizado o pregão eletrônico, a arrematante foi a empresa Positivo Informática S.A., ficando o lote completo por R$ 34,75 milhões – um desconto de 30% em relação ao valor máximo licitado (R$ 49,5 milhões). Segundo o diretor-presidente do Instituto, Sergio Brun, todo o processo se desenrolou sem contratempos. “Essa licitação é mais uma prova de que, para o Governo do Paraná, a educação é prioridade”, afirmou.

Conectividade

Este é o primeiro passo para a implantação do Programa Escola Conectada, que pretende melhorar a conectividade da rede estadual de ensino através da atualização tecnológica. Para o chefe da Casa Civil Valdir Rossoni o programa complementa o Escola 1000, que já liberou R$ 100 milhões para melhorias e reformas nos colégios. “O Escola Conectada e o Escola 1000 vão marcar uma nova era na Educação do Paraná”, disse.

O governo disponibilizou R$ 283 milhões para a modernização tecnológica da rede estadual de ensino. O  programa prevê melhoria na qualidade dos equipamentos, da rede lógica e de Internet, além da compra de novos computadores, impressoras e projetores. “Nosso propósito com esta medida é atender o administrativo das escolas, os professores e alunos das 2.100 unidades da rede estadual de ensino”, informa Rossoni.

Processo

A partir de agora, começam a contar os prazos recursais. Se não houver contestação, o contrato deverá ser assinado ainda este ano. A expectativa é que os equipamentos comecem a chegar às escolas paranaenses a partir de fevereiro de 2018. (Fonte: ANPr)

Confira outros Posts