Política Ponta Grossa

Rangel autoriza licitação de R$ 9,5 milhões para compra de tablets e notebooks na Educação

O prefeito Marcelo Rangel (PPS) autorizou nesta segunda-feira (27) a abertura do processo de licitação para a compra de kits de tecnologia da informação para as 84 escolas municipais. No total, serão adquiridos 3.900 tablets para os alunos, 100 gabinetes de transporte, armazenamento e recarga, 100 notebooks para os professores, estrutura tecnológica para rede e acesso sem fio nas escolas e, também, softwares de gerenciamento de atividades. Todo o investimento deve ser de R$ 9,5 milhões, com recursos da Prefeitura.

“Com esta assinatura, colocamos em prática um compromisso assumido com a população de Ponta Grossa. Assim, para 2018, nós teremos todo um novo programa de informatização nas escolas públicas de Ponta Grossa”, declarou o prefeito no momento de sua assinatura.

A Prefeitura irá equipar as escolas com grupos de 40 tablets e notebooks para uso dos alunos e professores das escolas, para uso compartilhado entre os estudantes. Nas salas digitais, será possível trabalhar novos recursos, de maneira interdisciplinar com os conteúdos já oferecidos, estimulando a criação. As escolas também ganharão pontos de acesso para uso em rede dos tablets.

Após a efetivação da licitação e entrega dos equipamentos, eles serão direcionados ao Núcleo de Tecnologia da Informação da Secretaria Municipal de Educação, onde receberão os softwares necessários ao uso em sala de aula, para serem então entregues aos educadores. O NTI também é responsável pela capacitação dos professores.

Gerenciar

Através do notebook do professor, ele irá gerenciar todas as atividades com os alunos, simultaneamente. “Todas as crianças terão oportunidades de utilizar a ferramenta, de maneira a ampliar seus conhecimentos, trabalhando os conteúdos adquiridos em sala de aula de maneira multidiscipliar, através da mediação dos professores”, observa a secretária de Educação, Esméria Saveli.

“Com esta tecnologia, professores e alunos farão pesquisas e irão explorar as diferentes áreas do conhecimento. A ferramenta permite, também, um tipo diferente de relacionamento com a informação e os conteúdos, despertando a curiosidade dos alunos e a vontade do educador para inovar em sala de aula”, anota Esméria.

Com a aprovação do processo pelo prefeito Marcelo Rangel, a licitação será agora lançada, com sua publicação no Diário Oficial do Município após os tramites internos da Prefeitura. (Fonte: PMPG)

Confira outros Posts