Política Ponta Grossa

PPS faz convite a Aliel Machado para se filiar e disputar a reeleição

O Partido Popular Socialista (PPS) convidou o deputado federal Aliel Machado, atualmente na Rede Sustentabilidade, para se filiar e disputar a reeleição em 2018 nas fileiras do partido. A informação, obtida em primeira mão pelo Doc.com, caiu como uma bomba no meio político nesta terça-feira (07). Isso pelo fato de o PPS ser o partido do prefeito Marcelo Rangel, adversário político de Aliel, e que abrigou até pouco tempo atrás o deputado federal Sandro Alex, hoje no PSD.

Segundo o Blog apurou, o convite teria sido feito a Aliel pelo coordenador regional do PPS, Ricardo Johansen, que até setembro era o presidente do partido em Ponta Grossa e atualmente ocupa a vice-presidência. Tal convite teve o aval do presidente estadual, o deputado federal Rubens Bueno. O atual presidente do PPS local, o vereador Doutor Zeca, não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Candidato pronto

Johansen negou ter realizado o convite, mas admitiu que o partido tem interesse em contar com um candidato a deputado federal com densidade eleitoral, depois de ter perdido Sandro Alex. O nome de Aliel, portanto, já foi tema de debate entre os pepessistas. Johansen comentou que o partido não terá tempo hábil para formar um candidato com potencial para se eleger até a campanha do ano que vem. Assim, a opção seria por um candidato “já pronto”.

Pela trajetória de Aliel, que acumulou expressivas votações desde a eleição para vereador (2012), passando pela eleição a federal em 2014 e a ida ao segundo turno para prefeito em 2016, o PPS avalia como uma boa opção de candidatura. Outro nome que se encaixa nessa perspectiva de candidato “já pronto”, conforme Johansen, é o do deputado estadual Marcio Pauliki (PDT). Entretanto, o Blog não teve a confirmação de que algum contato entre PPS e Pauliki já tenha ocorrido. Ao contrário de Aliel, que já recebeu o convite.

Difícil

Procurado pelo Blog para falar acerca do assunto, Aliel não confirmou e nem desconfirmou ter recebido o convite. O deputado disse, porém, que respeita o PPS e o prefeito Marcelo Rangel, mas que seria difícil dividir a mesma sigla com um adversário político. Ele entende, entretanto, que é legítimo que um partido procure candidatos viáveis para a eleição. Aliel se elegeu vereador e depois deputado pelo PCdoB e posteriormente passou a integrar a Rede Sustentabilidade, fundado por Marina Silva. Agora, o nome do parlamentar é um dos cotados a mudar de partido, a depender das composições politico-partidárias a serem formadas no Estado. O fato é que, pelas informações apuradas, o convite do PPS não será aceito pelo deputado.

Animosidade

O convite do PPS a Aliel aflora mais uma vez a animosidade entre o comandante do PPS no Paraná, Rubens Bueno, e os irmãos Marcelo Rangel e Sandro Alex, que se instalou desde a ida de Sandro para o PSD. Nas eleições municipais do ano passado, o PPS insistiu para Doutor Zeca disputar a indicação para candidatura a prefeito com Rangel, o que deixou um clima da instabilidade na época em torno da candidatura à reeleição. Agora, procura um adversário político dos irmãos justamente para concorrer com Sandro. Por sua vez, os pepessistas reclamam que Rangel não apoiará um candidato a federal do partido, justamente por ter o irmão como candidato, o que justificaria a procura por outro candidato à Câmara Federal.

Já que o ditado na política é de que até cavalo voa, é esperar pra ver o desenrolar de mais esse capítulo da política princesina.

Confira outros Posts