Ponta Grossa

PPS vota por candidatura própria e Rangel é pré-candidato ao Governo do Estado

O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel (PPS), é pré-candidato ao Governo do Estado pelo Partido Popular Socialista (PPS). A decisão foi tomada agora há pouco durante reunião do Diretório Estadual da legenda, em Curitiba. Os pepessistas votaram e optaram por um projeto com candidatura própria ao Palácio Iguaçu e o prefeito de Ponta Grossa colocou o seu nome à disposição da legenda. Nesse cenário, o prefeito de Guarapuava, César Silvestre, também se colocou como pré-candidato. Já o deputado federal e homem forte do PPS no Paraná, Rubens Bueno, é pré-candidato ao Senado.

Com a opção em ter candidatura própria e com os nomes dos pré-candidatos definidos, o PPS agora vai trabalhar na elaboração de um plano de Governo para o Paraná e no sentido de articular uma aliança partidária. Rangel irá participar ativamente dentro desse processo. “É importante que o partido tenha um candidato ao Governo do Estado e acreditamos que o bom trabalho desenvolvido na Prefeitura de Ponta Grossa, que culminou na nossa reeleição, sendo o único prefeito entre as cidades grandes do Estado a conseguir esse feito, nos credencia a buscar algo maior”, avalia Rangel.

Rangel foi eleito duas vezes deputado estadual e está em seu segundo mandato como prefeito de Ponta Grossa. Está no PPS desde a sua primeira eleição, em 2006.

Nome na mesa

Antes de colocar seu nome como pré-candidato a governador, Rangel teve o nome ventilado no meio político da capital do Estado para ocupar a vaga de vice de Ratinho Junior (PSD), que também é pré-candidato ao Governo, assim como da atual vice-governadora, Cida Borghetti (Pros). Agora, como a pré-candidatura a governador, Rangel coloca seu nome de vez na mesa de discussões para definição dos candidatos para 2018.

Confira outros Posts