Política

UPA recebe certificação nacional em qualidade na área da saúde

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Pronto Atendimento Infantil (PAI) do Núcleo Santa Paula, gerida pelo INDSH – Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano, se tornou a única UPA da região Sul e Sudeste do Brasil reconhecida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) com a Acreditação Hospitalar nível 1, principal certificação de qualidade do país na área da saúde.

O reconhecimento é fruto de um rigoroso processo de auditoria realizada por uma equipe externa, com base em critérios estabelecidos pela ONA para que o atendimento ofertado aos pacientes seja realizado com segurança. Para isso, diversas ações de melhoria foram implantadas na Unidade no último ano e os profissionais passaram a adotar protocolos de atendimento utilizados nas melhores instituições de saúde do País e do mundo.

“A acreditação é o reconhecimento dos serviços prestados para a população ponta-grossense. Nos últimos anos o Governo investiu muito na saúde da comunidade, seja na Atenção Primária ou na área de urgência e emergência. Essa certificação não é apenas um ganho para a administração pública, ela é mais uma maneira da população ter certeza da qualidade do trabalho desenvolvido na UPA e PAI Santa Paula”, comenta a secretária de saúde, Angela Pompeu.

Número restrito

Em todo o Brasil, apenas 576 instituições de saúde são certificadas pela ONA, entre elas instituições públicas e privadas consideradas referência. Especificamente nos serviços de Pronto Atendimento, além da UPA/PAI Santa Paula, apenas uma UPA em Fortaleza também é certificada. Para obter a certificação, os serviços de saúde precisam passar por quatro etapas de avaliação, sendo: diagnóstico, pré-certificação, certificação e homologação.

“Nosso Governo acompanhou toda a estruturação da UPA e seus primeiros atendimentos. Saber que foi nessa gestão que conseguimos a acreditação é motivo de muito orgulho para todos nós. A população que necessita desse atendimento de urgência e emergência tem o melhor do sul e do sudeste. Nosso objetivo é sempre melhor a qualidade de serviços prestados na saúde pública”, diz o prefeito Marcelo Rangel (PPS).

Melhoria contínua

A participação no processo de certificação é voluntária e tem caráter essencialmente educativo, visando à melhoria contínua dos serviços de saúde. O objetivo da ONA é incentivar que serviços de saúde se preocupem com a segurança dos pacientes e realizem seus processos de atendimento seguindo critérios que ajudem a reduzir os riscos. Além disso, a certificação serve como referência para a população, que tem a garantia de estar sendo atendida em uma unidade em que as chances de ocorrerem erros são menores.

“A acreditação também muda a cultura dos funcionários, gerando uma nova mentalidade. Já a população de Ponta Grossa vai notar, de maneira natural, o acolhimento e o atendimento humanizado”, ressalta o presidente do Instituto, José Carlos Rizoli.

Mesmo tendo conquistado a certificação, a equipe da UPA Santa Paula dará continuidade ao trabalho voltado à qualidade e almeja alcançar outros resultados no próximo ano. Segundo o Coordenador da Qualidade, José André Lima, o objetivo da UPA é conseguir os níveis 2 e 3, que representam excelência na gestão dos processos assistenciais.  

Atendimento 

Em dois anos e nove meses 308.420 pacientes foram atendidos na UPA e PAI. Passaram pelos profissionais da Unidade 188.535 adultos e 119.885 crianças. Só este ano, de janeiro a abril, foram 33.338 pacientes atendidos, onde 21.164 foram pacientes adultos e 12.174 pacientes de pediatria.

A UPA e Pai conta com 130 funcionários e 30 médicos, com atendimento 24h por dia. (Fonte: PMPG)

Confira outros Posts