Política

Município prepara mudanças no trânsito; veja o que deve mudar

O sistema de trânsito em Ponta Grossa deve passar por mudanças para melhorar o tráfego e modernizar o Estacionamento Regulamentado (EstaR). O presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT), Roberto Pelissari, está na cidade de Barueri, interior de São Paulo, para analisar o funcionamento e ver a viabilidade de implantar em Ponta Grossa os chamados ‘semáforos inteligentes’, considerado o melhor equipamento para organização do trânsito do mundo.

Os ‘semáforos inteligentes’ são desenvolvidos pela indústria Siemens e importados da Inglaterra. Eles representam a última geração de controladores de tráfego do mundo e garantem uma melhor fluidez no trânsito entre 15% e 25%.

Sistema

Com um sistema que conta com câmeras e sensores, os semáforos são abertos e fechados de acordo com o fluxo de veículos, e não com um tempo pré-fixado que não se altera.

Acesse o link e ouça a entrevista concedida pelo secretário de Obras de Barueri, José Tadeu dos Santos, à Rádio Estadão FM, em que explica o funcionamento dos aparelhos.

EstaR digital

Outra mudança deve ocorrer no EstaR. O prefeito Marcelo Rangel (PPS) já autorizou a elaboração de um edital para contratar, via licitação, a empresa que fornecerá o aplicativo que tornará o EstaR digital. Com essa tecnologia, a compra dos cartões da chamada Zona Azul poderá ser feita pelo celular. Basta baixar o aplicativo. O modelo digital também facilitará o trabalho de controle dos fiscais, agilizando a conferência dos veículos estacionados.

Recentemente, o vereador Eduardo Kalinoski (PSDB), ex-presidente da AMTT, apresentou uma proposta de sugestão legislativa direcionada ao prefeito para que analisasse a possível implantação do EstaR digital. A ideia foi bem aceita e será implementada.

‘Vicente Machado’ sem ônibus

Ainda para dar maior fluidez ao trânsito, conforme o Blog do Doc.com informou no início do mês, a Prefeitura irá realizar um teste nos próximos dias 28, 29 e 30 para a retirada dos ônibus da Avenida Vicente Machado. 

As vias alternativas para os ônibus passarão a ser a Rua do Rosário, Rua Catão Monclaro e Rua Tenente Hinon Silva. Os testes começarão pela Rua do Rosário e posteriormente as demais vão ser abrangidas. A ideia é que logo após os testes na Rua do Rosário a via já receba canaletas exclusivas para ônibus. O investimento por parte da Prefeitura está programado.

Balduíno Taques

Em um segundo momento, a intenção é retirar os ônibus também da região central da Avenida Balduíno Taques. A ideia é a mesma, fazer fluir o trânsito.

No papel, a ideia da retirada dos ônibus da Vicente Machado com a utilização de vias alternativas é considerada viável pela AMTT. Entretanto, se os testes mostrarem o contrário, outras possibilidades serão avaliadas.

Confira outros Posts