Política

Rangel vai a Brasília pedir a permanência de médicos cubanos e verba ao Hospital da Criança

O programa Mais Médicos, do Governo Federal, disponibilizou médicos intercambistas para todo o Brasil. A cidade de Ponta Grossa foi a que mais recebeu os profissionais cubanos, 60 deles permaneceram durante 3 anos na cidade. Hoje, o prefeito Marcelo Rangel (PPS) esteve no Ministério da Saúde para reforçar a importância dos profissionais nas Unidades Básicas de Saúde e reiterar o pedido da substituição. O prefeito foi recebido pelo secretário executivo do Ministério da Saúde, Antônio Carlos Nardi.

A partir do mês de maio, esses profissionais passarão a ser trocados, o contrato com o Ministério da Saúde e com o Governo Cubano prevê este prazo. A substituição é gradativa, não prejudicando o atendimento à população.

Manter por mais tempo

Na ocasião, o prefeito sugeriu algumas mudanças no programa, com o intuito de poder manter por mais tempo os profissionais que permaneceram durante um período na cidade. “Os médicos cubanos foram muito bem recebidos por nossa população, desafogaram um buraco que tínhamos. Eles completaram as Unidades Básicas de Saúde e os Programas Saúde da Família. Os pacientes estão familiarizados com eles, seria interessante trabalharmos com a possibilidade de poder manter eles aqui”, destaca Rangel.

Ainda em Brasília, o prefeito aproveitou a oportunidade para solicitar o apoio na reestruturação do Hospital Municipal da Criança João Vargas de Oliveira, podendo voltar a trabalhar com pacientes de média e alta complexidade. (Fonte: PMPG)

Confira outros Posts