Política

Câmara inicia período de sessões ordinárias nesta quarta-feira

A partir das 14 horas desta quarta-feira (15), com a primeira sessão ordinária do ano, a Câmara Municipal de Ponta Grossa inicia o período legislativo de 2017. Na ordem do dia, a pauta quatro projetos de lei. Além disso, há ainda projetos protocolados na Casa para serem lidos na sessão. São seis vetos e sete projetos remanescentes de 2016, mais 13 projetos deste ano: nove do Executivo e 4 de autoria dos vereadores e um projeto de emenda à Lei Orgânica. Depois da leitura, os projetos serão encaminhados às comissões permanentes da Casa para receberem parecer e, posteriormente, voltarem ao plenário para discussão e votação.

CPI

Será lido também o requerimento de autoria do vereador George Luiz de Oliveira (PMN) para a constituição de CPI que visa investigar vários itens ligados ao transporte coletivo urbano. 

Na avaliação do presidente da Câmara Municipal, Sebastião Mainardes Junior (DEM), este deverá ser um ano legislativo bastante produtivo. “O grande número de projetos que estão para ser lidos já na primeira sessão ordinária, apontam para um ano de muita atividade parlamentar em benefício da comunidade ponta-grossense”, enfatiza.

Projetos em pauta

Os quatro projetos em pauta são de vereadores. Um do vereador Daniel Milla (PV), que trata de mudanças para a execução de obras de asfalto pelo Município. Outro do vereador George de Oliveira, que obriga a plantação de árvores nas calçadas para a liberação do documento de conclusão de uma nova obra.

Um terceiro, do vereador Valter José de Souza (PROS), dispõe acerca do uso dos terraços de edifícios para a colocação de torres de comunicação. E um quarto, do vereador Jorge da Farmácia (PDT), obriga os hospitais e similares e fornecer um mini-prontuário no ato da alta do paciente contendo as informações sobre os serviços prestados.

Pronunciamento

Na abertura da sessão está previsto um pronunciamento da vice-prefeita Elizabeth Schmidt (PSB). O prefeito Marcelo Rangel (PPS), que faria o discurso de abertura do ano legislativo, não comparecerá por estar em Brasília atrás de recursos para a cidade. (Fonte: PMPG)

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts