Política

Rangel começa recontratação das Funções Gratificadas com plano de metas e contrato semestral

rangel-fgsTodas as Funções Gratificadas (FGs) dos servidores efetivos da Prefeitura de Ponta Grossa foram canceladas nesta quarta-feira (11), através de decreto do prefeito Marcelo Rangel (PPS). São mais de 700 servidores que recebiam incremento ao salário por meio das FGs.

Entretanto, durante reunião realizada na manhã desta quarta-feira, entre o prefeito, o secretário de Administração e Recursos Humanos, Ricardo Linhares, o secretário de Cidadania e Segurança Pública, Ary Lovato, a secretária de Educação, Esméria Saveli, e o secretário adjunto da Secretaria de Saúde, Robson da Silva, as FGs dos funcionários que ocupam cargos de supervisão, direção ou chefia de departamento na Saúde, Educação e Segurança começaram a ser recontratadas, com a firmação de um contrato de seis meses mediante um plano de metas estabelecido por cada secretário.

Otimizar os serviços

“Queremos melhorar os serviços prestados pela Prefeitura e esse plano de metas é fundamental. Assim, vamos começar a recontratar, primeiramente, os servidores com FGs nas áreas de Saúde, Educação e Segurança, e nos próximos dias os demais setores serão avaliados. É importante dizer que o plano de metas deverá ser cumprido para que o contrato de seis meses seja renovado”, declara Rangel. OS secretários e o próprio prefeito irão fazer a avaliação dos servidores com FG.

“É importante destacar que o governo faz readequações, mas neste primeiro momento não estão previstos cortes definitivos nas FGs, porque foram determinadas por legislação e esta lei dá o poder discricionário para a administração pública escolher os chefes de departamento e os gestores de cada pasta”, destaca Rangel.

Comissionados

Os servidores comissionados que começaram a ser contratados também serão reavaliados a cada seis meses e terão contrato semestral. Seguirão a mesma metodologia de trabalho dos servidores diretos, recebendo planos de metas, pois são pessoas de confiança da administração pública.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail, website ou empresa não serão publicados.

Confira outros Posts