Política

Aeroporto Sant’Ana facilita mobilidade nos Campos Gerais

aeroporto-usuariosDesde a sua reabertura para voos comerciais, em 13 de outubro de 2016, o Aeroporto Sant’Ana tem facilitado a vida de moradores, turistas e trabalhadores de Ponta Grossa e de toda a região dos Campos Gerais. A prova são os números. Desde então, já passaram por Ponta Grossa 6.687 passageiros, em 1.438 pousos e decolagens de mais de 700 aeronaves.

Os números contam com a aviação comercial regular, operada pela Azul Linhas Aéreas, e também com a aviação executiva, além da movimentação realizada através dos aeroclubes e das aeronaves médicas. A maior parte destes passageiros pousou ou decolou através da aviação comercial.

Mais de 5 mil passageiros

Para se ter uma ideia, em pouco mais de dois meses foram 5.046 passageiros, contabilizados em 48 dias de operação. Foram 2.583 passageiros que decolaram através dos voos comerciais, que se somam a outros 2.463 que pousaram em solo ponta-grossense.

“Toda esta movimentação demonstra o ritmo intenso diário do nosso Aeroporto. Demonstra também a grande relevância do investimento que realizamos para sua reabertura e do nosso empenho em ampliar o Sant’Ana, trazendo a ele mais tecnologia, sobretudo para receber cada vez mais aeronaves e para reduzir a pequena quantidade de voos que alternam para São José dos Pinhais, em caso de más condições meteorológicas”, analisa o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Paulo Carbonar.

aeroporto-usuarios-bo-pakingFacilidades e emprego

O funcionamento do Sant’Ana, que agora conta com balizamento noturno (as aeronaves podem pousar também à noite) e mais estrutura para sua operação tem trazido benefícios para toda a região. Júlio Martins (foto), gerente de vendas da BO Packaging, é um usuário frequente.

“O aeroporto tem contribuído muito para nós. Era muito difícil o deslocamento para Curitiba, e hoje está facilitando muito a nossa vida o voo diário. Temos divulgado muito este voo para nossos parceiros comerciais e temos tido muito retorno, todos tem elogiado muito o aeroporto de Ponta Grossa”, conta o industriário. A BO Packaging tem parceiros em todo o Brasil, especialmente em São Paulo, e o Sant’Ana torna-se estratégico para as atividades da indústria.

aeroporto-usuarios-motoristaPrestação de serviços

Outro beneficiado é Valdinei Coronato (foto), motorista executivo da Translem, empresa que presta serviços para uma grande empresa de papel e celulose da região. Ele conta que realiza, em média, uma viagem por dia para o Sant’Ana, fazendo o traslado de executivos e outros profissionais. “O aeroporto aqui ficou bem estratégico, aumentando o conforto dos passageiros e reduzindo nossos custos de viagem, além de ter ficado bem mais próximo”, elogia o motorista.

Região

O retorno do Sant’Ana foi motivo de alegria para a família de Raquel Sonntag Los, que mora em Tibagi (foto no início da matéria). Agora, para ela, basta uma curta viagem para receber os pais, que vêm direto do interior do Rio Grande do Sul. “Facilitou muito para nós. Era uma viagem de 15 horas para meus pais nos visitarem e agora viajamos uma hora e pouquinho e já estamos aqui para pegá-los. Nossa família está muito mais próxima”, conta Raquel.

“Para nós vale muito a pena descer no aeroporto de Ponta Grossa, que segundo eu percebi, recebeu muitas melhorias e está com uma estrutura muito boa. Podemos agora vir de avião, que é muito mais fácil”, elogia o pai de Raquel, Lírio Sonntag. (Fonte: PMPG)

Confira outros Posts