Política

Comissionados terão redução de 30%, ponto biométrico e contrato de seis meses

Marcelo RangelA redução dos cargos em comissão da Prefeitura de Ponta Grossa deve chegar a 30%, de um total de quase 300 cargos. Além disso, os que permanecerem terão controle biométrico e contrato de seis meses a partir de 2017. As mudanças foram confirmadas pelo prefeito Marcelo Rangel (PPS) nesta quarta-feira (14).

Por decreto, o prefeito anunciou diminuição de 20%. Porém, esse número deve chegar a 30%, com aproximadamente 100 cargos a menos. A intenção é cortar gastos. Para aumentar o controle da jornada de trabalho, os comissionados também terão que bater o ponto biométrico, assim como os efetivos já fazem. E segundo o alcaide, a carga horária de trabalhos dos cargos em comissão será de 9 horas. Rangel chegou a cogitar que fosse de 12 horas, mas deve fechar em 9 horas.

Seis meses

O contrato de seis meses será para poder dispensar aqueles que não renderem o esperado. Quem mostrar serviço, terá o contrato renovado, quem não mostrar, será substituído.

 “Queremos cortar gastos e melhorar o controle em cima dos cargos em comissão, que vão trabalhar uma hora a mais que os efetivos”, destacou Rangel.

Todos os comissionados serão desligados da administração no próximo dia 31 de dezembro e só retornarão aqueles que forem imprescindíveis, a partir de janeiro do ano que vem.

Confira outros Posts